Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Polícia

Em Parauapebas, bandidos tomam de assalto camionete do delegado Tiago Carneiro

O delegado, titular em Canaã dos Carajás, teve sua residência invadida por dois elementos. Ele sofreu tortura e teve sua arma funcional roubada
Continua depois da publicidade

Dia após dia, pelo menos um veículo é tomado de assalto em Parauapebas. Na manhã desta quarta-feira (11), dois assaltantes armados interceptaram o delegado Tiago Carneiro, de Canaã dos Carajás, e roubaram sua camionete L200 Triton quando este chegava em casa.

Um informante na 20ª Delegacia de Polícia em Parauapebas disse ao Blog que por volta das 7h30 o delegado chegava em sua residência quando dois elementos lhe deram voz de assalto. Com o delegado dominado, sua casa foi invadida e as pessoas que estavam na residência foram rendidas.

Os meliantes levaram alguns celulares, a arma de serviço do delegado e uma camionete L200 Triton.

Segundo o informante, após descobrirem que Tiago era delegado da Polícia Civil do Pará, os meliantes o agrediram com coronhadas e só não o mataram em virtude de estarem na presença do filho do delegado.

Logo após, os meliantes saíram da casa do delegado e abandonaram a camionete distante uns quatrocentos metros do local. Nela estavam os celulares do delegado e de seus familiares. A arma funcional, uma PT-40, não foi encontrada.

Veja também:  Assaltantes que sequestraram van em Abel Figueiredo se rendem

Delegado Tiago, que foi diretor da 20ª Seccional de Polícia Civil em Parauapebas entre 2016 e 2017, está em casa cuidando dos ferimentos. Ele passa bem e irá registrar um Boletim de Ocorrências assim que estiver restabelecido.

Comentários ( 4 )

  1. Se com o delegado aconteceu isso !
    Imagine com um pai de família normal !!
    O que poderia acontecer !! O mundo so vai mudar quando Deus voltar a terra !! Ai sim acaba tudo isso

  2. Estão aí três comentários insólitos: o primeiro comentarista praticamente afirma que o delegado não é um pai de família normal;o segundo parece desconhecer o elemento surpresa, o fato de que bandido não tem inscrição na test e que o policial, por bem mais preparado que seja, não é adivinho nem lê pensamentos; e o terceiro se contradiz totalmente ao afirma ser a favor do armamento da população. Ora,quem mais bem treinado que um delegado de Polícia Civil no uso de arma? E, mesmo assim, não escapou da violência.

Deixe uma resposta