Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Em Parauapebas, eleitos se reúnem com judiciário

Hoje, 21, quatorze dos quinze vereadores que comporão a gestão 2017/2020 na Câmara Municipal de Parauapebas estiveram reunidos com membros do judiciário local para uma explanação sobre a função de cada um em um estado democrático de direito, conceito que designa qualquer Estado que se aplica a garantir o respeito das liberdades civis, ou seja, o respeito pelos direitos humanos e pelas garantias fundamentais, através do estabelecimento de uma proteção jurídica. Em um estado de direito, as próprias autoridades políticas estão sujeitas ao respeito das regras de direito.

Além dos vereadores Joel do Sindicato, Horácio, João do Feijão, Luiz Castilho, Eliene, Coutinho, Joelma, Kellen, Francisca Ciza, Zacarias, Elias, e Marcelo Parcerinho, participaram da reunião, que aconteceu no Auditório do Fórum da Comarca de Parauapebas, os juízes Líbio Araújo Moura e Danilo Alves Fernandes, os promotores de justiça Helio Rubens e Fabiano Oliveira Gomes Fernandes, o prefeito eleito Darci Lermen e seu vice, Sergio Balduíno.

Em suma, os membros do judiciário alertaram os eleitos para que se mantenham com a ética que os cargos necessitam e que eles devem lembrar sempre que foram eleitos para serem os representantes da população.

Ao Blog, o prefeito eleito Darci Lermem disse que “o judiciário está fazendo o seu papel, entendi o recado e vou seguir as orientações”.

Já o vereador eleito Luiz Castilho, do PROS, resumiu a reunião na seguinte frase: ” a reunião foi muito boa. A justiça alertou para que cada qual fique no seu quadrado que tudo dará certo. Em síntese, fomos alertados para não colocarmos o dedo na tomada, pois podemos levar um choque”.

Comentários ( 5 )

  1. Já estamos sentindo a ausência do Juiz Dr. Líbio, mas deixou o recado pros próximos mandatos.
    Seria uma forma de agradecer o excelente trabalho para a sociedade desta cidade, um ato público comandado pelas instituições sociais e sociedade organizada, a homenagem é justa ao magistrado que honra com a conduta ilibada, com competência profissional e com ética sua função no Judiciário Paraense. Dr. Líbio é da geração Moro continue assim.
    Nosso muito obrigado Dr. Líbio!

  2. quanta besteira, de um lado e de outro. Onde já se viu prefeito ir beijar a mão de juiz? Quem elege é o povo, juiz é concursado. Cada um no seu quadrado. Juiz também não é santo, vejam aquele de Xinguara! E tu Darci, entendeu o recado: o homem vai embora e tu sorri…

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!