Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Em Redenção 100% dos detentos beneficiados com o indulto retornaram

Após passarem o Dia das Mães com a família, os 21 apenados do CRR voltaram à cadeia. Para o diretor Administrativo, isso traduz o desejo sincero de ressocialização
Continua depois da publicidade

Um fato inédito aconteceu esta semana no Centro de Recuperação de Redenção. Todos os 21 detentos que haviam sido beneficiados pelo indulto do Dias das Mães, regressaram à cadeia. Jesus Oliveira gerente Administrativo, em exercício, da unidade prisional, disse que algo assim é raro acontecer. “Hoje ficamos muito felizes”, disse ele. A saída temporária é direito do preso e concedida aos detentos do regime semiaberto que já cumpriram a maior parte da pena e que apresentam bom comportamento.

“O preso quando vem pra cá, na maioria das vezes tem vontade de se ressocializar. Quer voltar ao seu convívio com seus familiares lá fora. Daí eles passam a progredir, saem dos blocos fechados, depois vão para o regime semiaberto e, após estarem no semiaberto, eles têm ordem judicial para sair e trabalhar, voltar para dormir no CRR, lembrando que todos devem apresentar bom comportamento”, explicou Jesus.

Segundo ele, na quarta-feira dia 9, 1.318 detentos foram beneficiados com a saída temporária do Dia das Mães. Todos teriam de se apresentar na quarta-feira (16).

No ano passado, 987 presos receberam o benefício no Dia das Mães no Estado. Do total, apenas 65 não retornaram às unidades prisionais, o que representa uma taxa de evasão de apenas 7%. A média anual de não retorno é de 10%. O resultado oficial de 2018  ainda não foi divulgado.

Deixe uma resposta