Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esporte

Everton Goiano é o técnico que vai tentar subir o Parauapebas Futebol Clube para a elite do futebol paraense

A competição começa no dia 15 de outubro e terá 15 times brigando por duas vagas no Parazão 2018

Por Fábio Relvas

O Parauapebas Futebol Clube (PFC) já iniciou os trabalhos visando a Segundinha do Parazão. A competição deve ter início no dia 15 de outubro segundo a Federação Paraense de Futebol (FPF). Os treinos estão ocorrendo no estádio Rosenão, no Complexo Esportivo e em uma academia da cidade, ao comando do experiente técnico Everton Goiano. O treinador de 52 anos, já teve  passagens por clubes do estado do Pará, como: Ananindeua (2009), Águia de Marabá (2014) e São Raimundo (2016), mas em nenhum deles conseguiu obter títulos. Everton Goiano acredita no elenco que o Gigante de Aço (apelido ao qual é conhecido o PFC), está montando para a competição.

“As expectativas são boas. Temos praticamente um mês para trabalhar antes do início da Segundinha e vamos dá uma ênfase maior no condicionamento físico para ir soltando e não dá aquela travada e esperamos fazer um grande trabalho. Sabemos que vai ser uma competição difícil devido à qualidade das equipes, mas a gente espera poder conseguir um êxito maior, que é primeiro classificar e depois brigar pelo acesso’, afirmou Everton.

O time ainda está em fase de montagem para a competição. Antes do início dos trabalhos, a diretoria do PFC realizou alguns testes com garotos da cidade e outros vindos oriundos de cidades vizinhas como Curionópolis e Eldorado dos Carajás, além de outro estado como do Maranhão. Além da garotada, o técnico Everton Goiano priorizou formar um elenco com jogadores que estavam em atividade. “A gente procurou trazer jogadores que estavam trabalhando. Então a maioria vem de recesso curto, trabalharam normalmente de dezembro até mês passado. Lógico que deram uma parada e é justamente ai que o professor (preparador físico) está priorizando o aspecto físico já que a turma está sentindo o calor. Tenho certeza que vamos fazer um grande trabalho”, finalizou o técnico.

Entre os contratados para tentar subir o PFC para elite do futebol paraense está o zagueiro Cristiano Conceição, que teve passagens por J.Malucelli-PR, Anapolina-GO e Brasiliense-DF. “A expectativa está boa, a preparação está muito boa, semana bem proveitosa. Estamos na pré-temporada para tentar começar o campeonato da melhor maneira possível”, disse Cristiano.

Outro atleta que está no elenco do PFC querendo uma vaga de titular e o acesso da equipe, é o volante Luís Felipe Carvalho, que defendeu por último a equipe do Tupi-MG. “Estamos trabalhando forte para poder está bem preparado para a estreia. A preparação física está sendo boa, estamos aproveitando muito. O principal objetivo é de subir o time, mas primeiro vamos com os pezinhos no chão, a competição é difícil, vamos treinar e entrosar o time e conquistar essa vaga, esse acesso para o Parauapebas”, declarou Luís Felipe.

O time ainda conta com outros jogadores conhecidos da torcida do PFC como: Negretti (zagueiro), Matheus Moreno (Volante), Jefferson (Meio Campo), Lucas Pará (Meio Campo), Aleílson (Atacante), Danúbio (Atacante), entre outros. A diretoria informou que tem interesse nos meias Thiago Potiguar, quase certo, e de Flamel que estava atuando pelo Clube do Remo no Campeonato Brasileiro da Série C, mas até o momento não fechou com o atleta.

A Federação Paraense de Futebol ainda não divulgou a tabela completa da competição, apenas as chaves da Segundinha foram divulgadas:

– Chave I: Bragantino, Sport Belém, Pedreira, Vênus e Tuna Luso

– Chave II: Parauapebas, Izabelense, Carajás, Desportiva e Tiradentes

– Chave III: Paraense, Vila Rica, Tapajós, Gavião e Santa Rosa.

Serão quatro jogos para cada clube na primeira fase da competição. Apenas dos times conquistam o acesso para a elite do futebol paraense em 2018.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!