Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Falta de quórum adia futuro de prefeito afastado para o dia 26

Entre os faltosos, estava a própria relatora do comissão processante

Por Antônio Barroso

A leitura bíblica do Salmo 142 e a oração do “Pai Nosso” demoraram mais que a explicação do Presidente da Câmara Municipal de Jacundá, vereador Lindomar dos Reis Marinho, sobre o motivo de adiar o julgamento do parecer da Comissão Processante que investiga o prefeito afastado José Martins de Melo Filho, o Zé Martins.

Uma nova sessão extraordinária foi publicada às 13h de hoje (22) e convoca os vereadores para o dia 26 de dezembro, às 16h.

Prevista para começar às 11h, a sessão extraordinária convocada no dia de ontem teve início às 11h40, com a presença dos vereadores Clayton Guimarães, Edson Ferreira, Mariza Alves, Neusilene de Souza, Rafael Comin, Raylane dos Santos Soares e Weslimar Mulato, além do próprio presidente do legislativo. Com oito vereadores, a sessão não pôde votar o parecer da Comissão Processante,  era necessária a presença de mais um dos vereadores. Os faltosos foram a própria relatora da Comissão Processante, Marta Costa, Daniel Siqueira Neves, Lane Pinheiro, Tharlles Borges e a surpresa entre os vereadores, José Wilson Faustino que era considerado certo na sessão.

Populares começaram a chegar logo cedo ao prédio do Poder Legislativo e às 10h já não havia espaço na área destinada ao público. Para garantir ordem e segurança, o contingente da Polícia Militar foi reforçado; de acordo com o capitão Rogério Pereira, vinte homens trabalharam na manhã em questão, entres eles um grupo tático e policiais à paisana.

Após a leitura de versículos bíblicos, lidos pela vereadora Raylane Soares, seguida pela oração do “Pai Nosso”, a secretária da mesa diretora, Neusilene Costa fez a lista de presença e passou a palavra ao presidente da casa, que agradeceu a presença dos pares e do público e concluiu: “informo que a matéria nesse sentido não pode ser votada sem a presença mínima de 9 vereadores”.

Deixe uma resposta