Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parazão

FPF definiu as Chaves do Parazão 2018 no Conselho Técnico realizado na sede da instituição

Serão 10 times na disputa divididos em duas chaves de cinco. A bola começa a rolar no dia 20 de janeiro
Por Fábio Relvas

A Federação Paraense de Futebol (FPF) reuniu nesta terça-feira (31/10), em sua sede localizada na capital Belém, com os representantes dos clubes que vão disputar o Parazão 2018 e com a Polícia Militar (PM). O encontro foi a respeito do conselho técnico do Campeonato Paraense, onde foi discutido e definidos as chaves da competição estadual, que vai contar com os oito times já classificados e mais os dois que irão subir da Segundinha.

O Parazão 2018 terá início no dia 20 de janeiro com previsão de término para o dia 8 de abril, com o mesmo formato de disputa deste ano, obedecendo assim o estatuto do torcedor. As chaves ficaram definidas com: Paysandu, Independente Tucuruí, Águia de Marabá, Cametá e o campeão da Segundinha na Chave A1; enquanto que: Clube do Remo, São Raimundo, Paragominas, Castanhal e o vice-campeão da Segundinha irão compor a Chave A2.

“O formato de disputa é com os jogos entre as chaves, não é um jogo dentro da chave. São jogos entre os times da Chave A1, que enfrentam os times da Chave A2, em jogos de ida e volta. Em uma primeira fase classificatória nós teremos 10 rodadas de cinco jogos, totalizando 50 jogos em uma fase classificatória. Na segunda fase teremos dois times em cada chave, ai sim na semifinal o 1º da Chave A1 enfrenta o 2º da Chave A1 e o 1º da Chave A2 enfrenta o 2º da Chave A2 em jogos também de ida e volta e na fase final também fazem jogos de ida e volta e os perdedores da fase semifinal, eles fazem a disputa do terceiro e quarto lugar’, explicou Paulo Romano, diretor de competições da FPF.

Os 10 clubes participantes: Paysandu, Remo, Independente Tucuruí, São Raimundo, Águia de Marabá, Castanhal, Cametá, Paragominas e dois times que subirão da Segundinha do Parazão, terão até o dia 20 de dezembro 2017, prazo determinado pela Federação Paraense de Futebol para apresentarem os laudos técnicos dos estádios como determina e exige o estatuto do torcedor. “Em janeiro não serão feitas vistorias para emissão de laudos técnicos. Então os clubes foram bastante subsidiados de informações a respeito dos laudos para que não seja deixado para a última hora”, afirmou Paulo Romano.

A proposta feita pela FPF para os clubes foi aprovada pelos dirigentes e representantes presentes na reunião do conselho técnico do Parazão 2018, onde todos conseguiram sair satisfeitos do encontro realizado na sede da instituição. “Foi uma das reuniões mais proveitosas que eu já participei aqui na Federação, porque todos os problemas que envolvem uma partida de futebol foram discutidos aqui”, disse Manoel Ribeiro, presidente do Clube do Remo.

RE X PA

A bola ainda nem começou a rolar e poderá ocorrer mudança na tabela de jogos, já que o primeiro Re x Pa, a princípio, foi marcado para o dia 4 de fevereiro, válido pela 4ª rodada do Parazão, e no dia anterior está programado um evento de UFC em Belém, no ginásio Mangueirinho, que fica na frente do estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, local do clássico Rei da Amazônia. Sendo assim, os órgãos de segurança pública serão acionados para garantir policiamento necessário pela tamanha proporção envolvendo os dois eventos esportivos. Se caso não for possível, a FPF vai marcar o clássico para outra data.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!