Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Vale

Governo decidiu tirar Murilo Ferreira da presidência da Vale, diz jornal

Segundo Lauro Jardim, o novo governo não deve deixar que Ferreira continue no comando da mineradora após o término de seu mandato

Murilo Ferreira, presidente da Vale deve ter menos de 8 meses sobrando no comando da companhia. Isso segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, que afirmou que o governo já decidiu que o executivo será retirado do cargo quando seu mandato acabar, em maio de 2017. Procurada pelo InfoMoney, a companhia afirmou que não comenta este tipo de notícia.

É importante lembrar que, apesar de ser uma empresa privada, a Vale tem o governo em seu bloco de controle por conta das participações acionárias do BNDESPar e Previ, o que daria este poder para tirar ou colocar o presidente da mineradora.

Segundo Jardim, o Bradesco, que também é sócio da companhia, já foi avisado, assim como os políticos da bancada de Minas Gerais.

A publicação afirma ainda que o governo vai usar, além da força óbvia que qualquer governo federal possui, a renegociação do acordo de acionistas, que acontece também em 2017, para convencer os sócios de que é hora de mudar o comando da mineradora. Vale ressaltar que em 2011 a então presidente Dilma Rousseff também usou seu poder para tirar o presidente Roger Agnelli.

Apesar do rumor, o mercado ainda não parece se preocupar com isso. Ferreira tem sido bastante elogiado no comando da maior mineradora do mundo, mas mesmo com sua possível saída, as ações da companhia sobem forte nesta sessão, com os papéis ordinários avançando 3,72% às 12h51 (horário de Brasília), a R$ 18,67, enquanto os preferenciais sobem 3,68%, cotados a R$ 16,62. (Infomoney)

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!