Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Grupo Interinstitucional de Estudos e Análise Conjuntural apresenta dados atualizados do cenário econômico paraense

O Grupo Interinstitucional de Estudos e Análise Conjuntural (Geac), coordenado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), realizou a sexta edição de sua reunião que apresenta dados referentes aos setores que influenciam a economia no estado do Pará nesta quarta-feira, 30, no Salão Nobre da Associação Comercial do Pará (ACP).

Dentre os dados apresentados este mês, estiveram os resultados do Informe Técnico do Comércio Exterior Paraense. De acordo com a diretora de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Fapespa, Geovana Pires, o saldo da balança comercial do Pará em Janeiro e Fevereiro deste ano ficou em terceiro lugar e totalizou o saldo positivo de mais de R$1 bilhão de reais.

No que se refere aos números da Inflação na Região Metropolitana de Belém, o índice geral foi de 1,08% em fevereiro, ficando abaixo do índice apontado em janeiro pela pesquisa, segundo a diretora de Estatística da Fundação, Glaucia Moreira.

Ainda na reunião, a coordenadora do Departamento Econômico Banco Central, Priscila Furtado, apresentou as informações sobre o Índice da Atividade Econômica Regional e destacou os resultados da produção agrícola do Pará que alcançou 2,2 milhões, sendo a soja e o feijão os maiores produtores de grãos do Estado.

Logo após as apresentações, o professor e economista Luiz Alberto de Souza Aranha Machado, da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP/SP), proferiu a palestra com o tema “Impacto das conjunturas econômica e geopolítica nas empresas e organizações” e debateu sobre a atual situação do Brasil e dos principais países globalizados da atual análise econômica do mundo.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!