Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
polícia

Índio é preso pela segunda vez com produtos sem nota fiscal

Técnico em eletrônica confessa que compra mercadoria roubada para revender no bairro Tropical 2, Parauapebas/PA.

Sílvio Santos Furtado Barbosa, de 34 anos, técnico em eletrônica, conhecido como Índio, foi preso em sua loja de eletrônica, hoje (20), por volta das 10 horas, no bairro Tropical 2, em Parauapebas, depois de uma denúncia de que revendia produtos furtados.

De acordo com a Policia Militar, vizinhos denunciaram que a loja de Índio funcionava de fachada para comprar e revender produtos roubados. “Pela manhã, fomos até o local e verificamos que existia produtos com indício de roubo, apresentamos na delegacia e constatamos que ele já foi preso outra vez pelo mesmo crime”, explicou Cabo Machado.

O acusado confessou que tem o hábito de comprar equipamentos sem nota fiscal. “Esses produtos são de clientes e eles vão trazer a nota para confirmar. Eu assumo que sempre comprei produto roubado para levantar um dinheiro mais rápido porque tenho três filhos para dar de comer. Mas, no caso desses equipamentos, as duas televisões, são de clientes que levaram para consertar na minha loja, porém o vídeo game tenho certeza de que comprei como fruto de roubo”, desabafa o técnico.

Índio, durante depoimento, revelou o nome do homem que fornece a mercadoria roubada, que, inclusive, ele foi preso na semana passada e que depois de solto não o procurou mais.

Segundo a Polícia Cívil, o técnico em eletrônica apresentou a nota fiscal das televisões, foi ouvido e liberado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!