Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Saúde

João Salame consegue a liberação de R$ 25 milhões para construção de UBS fluviais no Pará

Onze municípios paraenses foram beneficiados. Cada um vai receber R$2.349.550,00 para a construção e equipamentos

Desde que tomou posse como diretor do DAB (Departamento de Atenção Básica) do Ministério da Saúde, João Salame estabeleceu como prioridade liberar recursos para a construção de Unidades Básicas de Saúde fluviais para o Estado do Pará. Durante três anos os recursos eram destinados para o programa, mas não foram executados e retornavam ou eram empregados para custear outras atividades.

Salame disse ao Blog que desta vez resolveu garantir a aplicação da verba, possibilitando com que o sistema do Ministério da Saúde tenha sido aberto para que 11 prefeituras paraenses pudessem cadastrar propostas de R$ 1.889.000,00 para construção e R$ 460.550,00 para aquisição de equipamentos. Ao todo serão repassados para os municípios R$ 25.845.050,00.

“Originariamente, esse dinheiro era para construir 19 UBS, mas, como ao longo dos anos não foi aplicado da forma como deveria ser, houve uma desvalorização e só vai custear 11 unidades”, explica Salame.

“Foi uma luta de três meses e a gente conseguiu, este ano, garantir a execução”, disse ele ao Blog, acrescentando que agradece ao ministro Ricardo Barros, da Saúde, que abraçou essa luta.

O diretor do DAB reforçou a importância dessas UBS para atender às comunidades ribeirinhas. “Os amazônidas mais desprotegidos são os maiores beneficiários. É uma grande alegria”, disse Salame.

Os recursos serão repassados fundo a fundo para os municípios em parcela única. “Antes, o ministério não passava o dinheiro dos equipamentos, que ficavam a cargo dos municípios. Agora estamos incluindo também esses recursos”, afirmou.

“Temos casos de municípios em que as UBS foram concluídas e não estavam funcionando porque não tinha dinheiro para equipar, como Chaves, por exemplo. Agora, a agente já conseguiu o dinheiro para equipar”, destaca.

João Salame agradeceu o apoio da equipe técnica do DAB, “que foi incansável para viabilizar tecnicamente a assinatura dessas propostas com as prefeituras”.

Os 11 municípios contemplados são: Acará, Alenquer, Anajás, Belém, Cametá, Curuá, Gurupá, Jacareacanga, Óbidos, Oeiras do Pará e São Domingos do Capim.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!