Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Justiça Eleitoral

Justiça Eleitoral cassa mandato do vereador marabaense Miguelito Gomes

Juiz da 100ª ZE acatou denúncia de conduta vedada, feita pelo Ministério Público Eleitoral. Cabe recurso ao TRE-PA

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Em decisão proferida ontem (21) e fixada no mural do Cartório Eleitoral da 100ª Zona, o juiz Amarildo Mazutti condena o vereador Miguel Gomes Filho (PP), da Câmara Municipal de Marabá, a perda do mandato conquistado nas eleições de 2016.

A sentença tem base em denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), de conduta vedada.

Segundo o MPE, Miguelito, como é mais conhecido o vereador, tinha forte poder de mando na Secretaria Municipal de Agricultura, onde seu irmão Pedro Torres da Silva era o titular, tendo influenciado na contratação de servidores, os quais, ainda de acordo com a denúncia do Ministério Público, trabalharam na campanha dele à reeleição.

Segundo fonte do Cartório, os advogados de Miguelito, eleito com 2.510 votos, já foram notificados e estão providenciando recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que garante efeito suspensivo na sentença e permite que o vereador continue no mandato até o julgamento.

Deixe uma resposta