Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

Manifestações patrióticas ?

Protestos em Belém no 7 de Setembro

Em Belém, manifestantes queimaram a bandeira do Pará no Dia da Independência

“Honrar a Independência é trabalhar para afastar a corrupção que nos rouba o futuro, a insegurança que nos aterroriza no presente, a falta de fé em nossa gente que herdamos do passado.” Luiz Wambier

Assim como na maioria das cidades brasileiras, Belém também recebeu manifestações de populares no último 7 de setembro, tendo sido palco, novamente, de vândalos que aproveitaram a oportunidade para saquear e quebrar lojas e o patrimônio público.

Acho absolutamente correto que a população se manifeste em prol de demandas que acha justa. Todavia, é imperdoável que vândalos transvestidos de manifestantes ataquem pontos de ônibus, quebrem placas de trânsito e invadam lojas destruindo veículos ali depositados.

Sobre a destruição de patrimônios públicos, será que esses animais irracionais não sabem que o custo de reposição desses patrimônios recairá em nossos bolsos? Será que eles não imaginam que com tais atitudes se igualam aos políticos corruptos que tanto condenam? Sim, porque ao destruir bem pago com dinheiro público estão pondo fogo em dinheiro público, assim como os políticos corruptos fazem sumir nossos recursos.

Manifestantes que vão às ruas clamando por investimentos na segurança pública não deveriam invadir concessionárias e quebrar veículos ali expostos para a venda. Assim fazendo, se igualam aos bandidos que invadem casas e bancos, perdendo a credibilidade de uma causa tão justa.

Queimar a Bandeira Nacional ou de algum estado é realmente forma de protestar? Acho uma incoerência isso, já que os manifestantes proclamam ser o amor pelo país e à democracia as razões para os protestos. 

Respeito o direito de todos os manifestantes, mas é preciso que separemos o joio do trigo. Enquanto for permitido que baderneiros infiltrados usem as manifestações de protesto Brasil a fora para extravasar suas raivas, a grande maioria da população que só observa estará com as barbas de molho quanto ao verdadeiro interesses por trás de tais protestos.

Comentários ( 5 )

  1. Nunca antes na história do planeta vi protesto silencioso funcionar ou chamar atenção, no máximo dos parentes para dizer: “para com isso, deixar de ser chato, ninguém está te ouvindo!”, todos, invariavelmente todos culminaram até em guerra civil. Sim, todos os dias reclamamos das condições de vida que temos (saúde, educação, impostos pesados, transporte e blá, blá…), mas o político esperto faz que não houve ou faz que não sabia e nada de avanço, a não ser no nosso bolso. Temos uma multinacional gigantesca, que um dia foi nossa e ainda estamos pagando caro por isso, em nosso quintal vandalizando com nossas riquezas e corrompendo políticos e justiça paraense e ninguém fala nada, um verdadeiro assalto “silencioso”. Temos uma reforma tributária por fazer e ninguém se candidata: em 2012 nossos impostos foram divididos assim: 51% para a máquina pública federal, 44% para pagamento de juros e rolagem da dívida interna, que já está em R$ 3 tri (quase o dobro dos impostos arrecadados e mais de uma vez o valor do PIB), e apenas 5% foram investidos no Brasil patriótico, e não são falácias ou dados fajutos, veja você mesmo no tesouro nacional ou assista vídeos sobre a dívida brasileira no youtube.com que especialistas explicam mais detalhadamente. Foram apenas R$ 80 bi para investimentos no país, que só de malha viária precisa de R$ 400 bi ano, e R$ 700 bi para as multinacionais que são donas dos papeis da união que recebem com juros da CELIC, e esse aumentou para 9% que parece pouco, mas estamos falando de centenas de bilhões. Para se ter uma ideia, o primeiro bolsa família do Lula nunca foi quitado, pois foi negociado para pagamento em vinte anos com juros extirpantes muito mais caros que o do BNDES que financia empréstimos para estas mesmas multinacionais, quer dizer que com o modelo que aí está, que contraria fortemente a constituição brasileira, nós manifestantes silenciosos, nunca vamos ganhar uma. A toda a lucratividade da Petrobras é contingenciada para o pagamentos da dívida brasileira e como ano que vem a dívida estará maior haverá, portanto, mais aumentam os preços da gasolina.

    Não adianta dizer que temos que nos politizar participando de partidos e elegendo novos políticos, porque o modelo que ai está também não funciona: o candidato escolhido pelos delegados da legenda é quase sempre o bandido.

    Precisamos “apenas” que nosso próximo presidente tenha aquilo roxo e grande a ponto de dar um calote em nome do povo brasileiro pagando apenas 25% da dívida interna, como fez o presidente americano colocando Rockefeller no banco dos réus, e redividí-la para quitação em 5 a 10 anos. Acreditem, o mundo não ia acabar, as multinacionais iam continuar vendendo para nós, seríamos os mesmos amigos de sempre, Jesus ainda ia continuar esperando que nós melhorássemos para sermos acendidos ao céu, nenhuma bomba atômica ia ser detonada, tudo isso porque os países do mundo precisam de nossas commodities. A única coisa que ia mudar seriam nossas vidas: teríamos mais grana no bolso para fazer o social e o socialite.

    Pois é, agora você sabe porque neste exato momento tem gente a míngua nos hospitais do Brasil afora, vamos continuar protestando em silêncio e acreditar que milagres econômicos existem. O mais cínico disso tudo é o rico pensar que ficaria pobre se o pobre ficasse rico.

    1. Os maiores vândalos do nosso país são os políticos!!! Que sugam o nosso dinheiro em benefício próprio. Nunca na história da humanidade se conseguiu nada de braços cruzados! O povo cansou da pilantragem desses políticos, que nada fazem pelo povo. Só sabem roubar o nosso dinheiro.

  2. Manifestantes esses mascarados? Isso são safados, pilantras e vagabundos, ladrões e demais qualificações dessas naturezas que não nos representam, que se acham “machos” em fazerem quebradeiras e roubos. Cadeia e cacetes neles.

    1. Você falando assim, me vem logo a cabeça a velha frase que veste você muito bem: “atire a primeira pedra…”, quem não sonegou imposto, quem não pagou funcionário corretamente, quem não jogou papel na rua, quem não jogou esgoto na rua, quem nunca deu um jeitinho pilantra brasileiro, quem nunca furou fila, quem nunca quis se dar bem em algum governo. Pois é senhor Castro ser macho pra protestar contra quem nos rouba (bancos e multinacionais) é fácil, difícil mesmo é eu e o senhor sermos honestos. Acorda homem! Tente saber para onde vai nossos impostos e de onde vem os recursos do governo que o governo diz que está dando para nós e depois disso tenho certeza que você não irá dormir como antes.

Deixe uma resposta