Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Marabá: aumento de salário de vereadores em 25% gera bate-boca na Câmara

A sessão desta terça-feira, 6, na Câmara Municipal de Marabá, foi marcada por uma discussão acalorada entre alguns vereadores e uma plateia composta, a maioria, por educadores.

A pressão popular já era esperada. Um grupo de pessoas havia avisado pelas redes sociais que ocuparia o Plenário da Câmara, que não chegou a ficar lotado. As manifestações foram aumentando de tom desde o discurso do primeiro vereador a fazer uso da palavra na tribuna, até chegar a Guido Mutran, que acabou trocando farpas com Wendel Bezerra, presidente licenciado do Sintepp e candidato a vereador.

Foram mais de cinco minutos de entrevero entre eles. Nem a turma do “deixa disso” conseguiu acalmar os ânimos de ambos. Mutran destacou que caso o salário do prefeito não for corrigido pela Câmara, será pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Os educadores, em vários momentos, vaiaram Guido em seus posicionamentos, mas mesmo assim ele não se calou.

O advogado Valdinar Monteiro, procurador jurídico da Casa, disse que não se trata de aumento salarial, mas sim fixação, conforme determina a Constituição Federal. O percentual é definido pela receita do município do ano anterior. “Quando alguém vier dizer que não tem receita para reajustar o salário dos professores, este é um argumento a favor de vocês”.

De outra parte, o vereador coronel Antônio Araújo disse ser contra o reajuste de salários de servidores. Ele disse que as pessoas tentam justificar seu posicionamento contrário em função do alto salário que ele recebe como coronel da reserva da Polícia Militar, não precisando dos vencimentos da Câmara.

Com mais lenha na fogueira, o vereador Pedro Correa posicionou-se favorável ao reajuste salarial e sustentou que este é o momento de tomar essa iniciativa, porque os salários dos vereadores não podem ser reajustados na próxima legislatura. “Não vamos usar esse momento político para demagogia. Quem for contra, que entende que não é devido, não vote nele. Mas estaremos aqui defendendo os interesses de todas as classes, e não é só da educação. Como servidores públicos, cumprimos nossa missão”.

Irismar Araújo foi a única favorável ao reajuste que não foi hostilizada pela plateia. “Se defendo melhorias para os servidores da educação durante quatro anos, por que não defenderia um reajuste que é constitucional. Estou na segunda legislatura e tenho defendido nenhum direito a menos. Toda vez que chega projeto de reajuste salarial de servidores, nós aprovamos. Os salários dos vereadores são retirados do repasse do município à Câmara. Não temos aumento e nem 13º salário. No final da legislatura ocorre um reajuste para aqueles que forem eleitos. Me sinto digna deste reajuste pelo trabalho que desenvolvo, mas não sei se serei eleita”, disse Irismar.

A Câmara também emitiu uma nota assinada por seu presidente reafirmando a legalidade da fixação do novo salário do vereador, aprovada em Plenário no dia 22 de agosto passado.

A sessão foi encerrada às 11h30 e o público saiu do Plenário vaiando os vereadores presentes.

Comentários ( 9 )

  1. Sem entrar no mérito,se é justo ou não!aumento para vereadores agora,é no mínimo inoportuno…a população tem que ir as ruas e fazer barulho ou se vingar nas urnas.

  2. Temos que avaliarmos o efeito cascata deste reajuste salarial dos nobres vereadores de Marabá, eles deliberam reajuste para os seus pares, poder executivo e os demais servidores da casa. E muita falta de responsabilidade com a gestão do dinheiro público.

  3. A Câmara de Vereadores de Marabá protagonizou mais uma cena patética com a aprovação do reajuste do salário dos membros do legislativo municipal em 25%. A cidade enfrenta um caos administrativo e financeiro, fruto da má gestão e corrupção de pelo menos 6 gestões administrativas, somando-se à ultima. Escolas estão sendo fechadas, servidores municipais sem receber os seus salários e os serviços de educação e saúde estão sucateados. Vale mencionar que a verba direcionada à educação e à saúde, na maior parte, provém de recursos da União. Um bom percentual desse valor foi utilizado para financiar a campanha de políticos ligados ao atual prefeito. Um dos candidatos à prefeito, que ajudou a afundar a cidade quando esteve à frente da prefeitura, solicitou ao atual gestor o aumento do IPTU. Por que será? Em meio a esse descaso, os vereadores decidiram pelo reajuste de seus salários. Não por acaso, os mesmos que pleitearam esse absurdo concorrem agora à reeleição. Alguns, inclusive, estão no cargo, com o jogo da reeleição, a mais de duas décadas e, outros, recentes no processo, aproveitam para usufruir do bem público nomeando amigos e familiares para assumir cargos públicos, sem concurso. O aumento foi defendido como legal, mas, certamente, a população que sofre com o descaso do poder executivo, legislativo e judiciário sabe que ele é imoral.

  4. Agora não adianta mais brigar e nem ficar com raivinha ou mimo de criança. Olhem a lista dos vereadores que votaram a favor do aumento do próprio salario façam campanha contra eles, pelo menos é o que tenho feito. Um vagabundo que não vê que a sociedade, que eles dizem defender, esta desempregada ou não esta recebendo seus salários da prefeitura não merece voto algum. Gente esses LADRÕES que estão ai vão continuar no mínimo ate o fim do ano, se é pra mostrar algo, mostrem nas urnas, não deixem que eles se elejam novamente, vote contra eles, façam campanha contra eles. Não precisa muito, se cada pessoa que se sentiu lesado por esse aumento de salário, constitucional porém IMORAL, convencer mais uma pessoa a não votar neles, tenho certeza que ano que vem eles não terão a oportunidade de nos roubar novamente.

    1. Concordo plenamente com você Jonatas Pereira da Silva.
      Agora é hora de lembrar de todas as ações tomadas a favor deles mesmos e contra as finanças do município. E das ações fiscalizadoras que não ocorreram, diante de atrocidades ou ausências de obras; o que é a função do vereador. É para isso que ele ganha o salário que pagamos, afinal. Não serviu, RUA!
      E vamos dizer NÃO! a estes vereadores acomodados e gananciosos de sempre.

  5. Na próximas eleições o povo vota neles mas não dá oportunidade pra pessoas novas que realmente quer trabalhar, votem em quem tem compromisso com a população.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!