Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Enchente

Marabá: Em reunião com desabrigados, prefeito libera obras em abrigos e anuncia cestas básicas

As secretarias de Obras, Urbanismo, Assistência Social e Saúde farão mutirão para colocação de iluminação, terraplanagem do terreno com seixo no caso da "Feirinha" da Velha Marabá e instalação de banheiros químicos e cobertura com telhas tanto dos galpões.

Terminou por volta de 11h45 desta quinta-feira uma reunião em que o prefeito de Marabá, Tião Miranda, recebeu representantes dos desabrigados da enchente que estão no abrigo da Feirinha, na entrada da Marabá Pioneira. A reunião havia sido agendada ontem à noite, depois que os desabrigados fecharam uma via com fogo e cobraram ações da Prefeitura.

Até que saísse o resultado da reunião, as vítimas da enchente mantinham o protesto em frente ao abrigo, fechando o trânsito na entrada do núcleo urbano.

Em nota enviada ao blog ao meio-dia, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura encaminhou esclarecimentos informando as decisões do prefeito Tião Miranda, que foram repassadas aos moradores. “A Situação de emergência, decretada ontem pelo governo municipal, possibilitou a aceleração do processo de montagem dos abrigos que vão acolher as famílias que estão desalojadas.

Ainda hoje, quinta-feira, dia 15, equipes das secretarias de Obras, Urbanismo, Assistência Social e Saúde estarão fazendo um mutirão mais intenso para colocação de iluminação, terraplanagem do terreno com seixo no caso da “Feirinha” da Velha Marabá e instalação de banheiros químicos e cobertura com telhas tanto dos galpões como também dos novos abrigos que serão construídos. Os representantes das famílias estiveram agora a pouco com o prefeito, e foi confirmado que esses serviços irão ter início ainda hoje. Às 17 horas, o prefeito, junto com toda a equipe, vai fazer uma visita aos locais para verificar de perto cada situação pontual.

As equipes da saúde estarão nos abrigos e a Assistência Social foi autorizada a fazer a distribuição de cestas básicas às pessoas desalojadas.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!