Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Segurança

Moradores do Residencial Alto Bonito em Parauapebas cobram segurança

Apartamentos arrombados, assaltos e roubos de motocicletas aumentaram no residencial e bairros vizinhos.

Kennedy Modesto faz parte das 1.008 famílias que receberam da Prefeitura de Parauapebas, os apartamentos populares no Residencial Alto Bonito. Nesta quinta-feira, dia 28, Kennedy e outros moradores procuraram a Secretaria Municipal de Segurança Institucional para cobrar uma ação que impeça os roubos que segundo eles, aumentaram no residencial, mas falaram que não foram recebidos pelo Secretário Michael Correia Gomes.

O Residencial Alto Bonito é um empreendimento habitacional que deve atender 2,4 mil famílias de baixa renda e boa parte delas, em situação de risco em Parauapebas. O projeto que faz parte do Programa Social Minha Casa Minha vida é uma parceria da Prefeitura com o Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal. A primeira etapa, com a entrega de 1.008 apartamentos, foi realizada em junho deste ano.  A segunda fase deve entregar quase 1,4 mil apartamentos.

Há três meses morando no residencial, Kenedy Modesto relata que os números de apartamentos arrombados, roubos de motocicletas e assaltos têm aumentado no residencial e bairros vizinhos. “Teve o caso de um senhor que recentemente, quebraram a porta do apartamento dele, ameaçaram e ainda roubaram o dinheiro dele”, disse Kennedy, revoltado com a situação. Ele contou ainda que no residencial não há transporte coletivo. “Pra pegar o carro, a gente tem que descer a pé até as casas no bairro Altamira, de madrugada, e é quando os bandidos aproveitam para nos roubar”, acrescentou.

Os moradores disseram que há 3 empresas interessadas em fazer a segurança no bairro, mas cobram de R$ 30,00 a R$ 60,00 por apartamento, e muitos moradores não tem condições de pagar. Eles procuraram ajuda da Secretaria Municipal de Segurança Institucional para tentar coibir a ação de criminosos como a contratação de uma empresa de segurança ou a instalação da guarda municipal no residencial. “Se não fizerem nada, os traficantes vão tomar conta do Alto Bonito. A gente também precisa que a PM faça mais ronda no bairro”, disse Kenedy.

Sobre a falta de policiamento, o Capitão Eder, da Policia Militar, disse que é feita a ronda diuturnamente, por uma viatura com 4 equipes que cobre a área do Residencial Alto Bonito, além dos bairros do Minério e Tropical e as casas populares 1 e 2. Mas, reconheceu que a PM enfrenta dificuldades para coibir a ação de bandidos. “O fato do condomínio se localizar numa posição geográfica elevada, já nos deixa em desvantagem. Quem está no alto, tem uma visibilidade muito melhor de quem está na parte inferior. Os criminosos percebem quando a viatura se aproxima, e logicamente eles se escondem, escondem a droga e possivelmente, até o armamento”, observa o comandante. A Polícia Militar orienta que os moradores denunciem os criminosos que moram na região, ligando para o disque-denúncia, no 181, e também na Central da PM, que atende 24 horas, pelo celular (94) 992645348, que também é WhatsApp e não precisa se identificar.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Parauapebas informou que só vai encaminhar uma nota da Secretaria Municipal de Segurança Institucional só na próxima segunda-feira. Os moradores falaram que vão tentar, mais uma vez, conversar com o secretário Michael Correia, na próxima semana.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!