Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Conflito Agrário

Movimentos sociais que lutam pela Reforma Agrária interditam BR-155 após baleamento de membro do grupo em Eldorado dos Carajás

Homem estava dentro da Fazenda Surubim quando foi atingido por dois tiros.

A BR-155 está interditada por Movimentos Sociais desde o início da manhã desta segunda-feira em local próximo ao Acampamento Osmir Venuto, entre a Vila Gogó da Onça e Eldorado do Carajás.

Segundo informações da Polícia Militar do Pará, por volta das 10 horas a GU da PM recebeu uma ligação informando um possível assalto nas proximidades da Fazenda Surubim, mas que, quando chegou ao local se tratava da interdição da BR-155 por parte de pessoas ligadas ao Movimento Feminino Popular – MFP – e Liga dos Camponeses Pobres – LCP.

O motivo da interdição, segundo a PM, seria em virtude do baleamento de Denizart Alves de Souza, 54 anos, ligado aos movimentos, que ocorreu hoje pela manhã. Segundo os manifestantes, a vítima estava próximo a uma represa, nas proximidades do acampamento, quando foi surpreendida por um indivíduos não identificados que efetuaram dois disparos de arma de fogo nas costas da vítima.

Ainda segundo a PM, os manifestantes irão manter interditada a estrada até a chegada de agentes da   Delegacia Especializada em Conflitos Agrários – DECA – no local.

Cerca de 150 manifestantes estão no local nesse momento interditando a BR-155, que liga os municípios de Redenção e Marabá. Um grande congestionamento já se forma no local.

Denizart Alves de Sousa foi encaminhado ao Hospital Municipal de Eldorado do Carajás e passa bem.

O Blog não conseguiu contato com os representantes da Fazenda Surubim.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!