Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Trânsito

Música e flores marcam Dia da Gentileza no Trânsito em Parauapebas

A ação trouxe mais harmonia e sensibilizou quem transitava pelo local.

O som do saxofone e as rosas vermelhas foram o símbolo da Gentileza no Trânsito, ação desenvolvida durante a manhã desta sexta-feira (01), no semáforo da Rua E, no bairro Cidade Nova, em Parauapebas.

No momento em que o sinal fechava, os agentes do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) iam ao encontro dos condutores de veículos para entregar-lhes as flores e os panfletos. A música, conduzida por um Guarda Municipal era uma atração à parte que tocava as pessoas que passavam pelo local.

Adinar Pereira, que seguia pela rua em seu carro, recebeu com muita alegria a ação. “É uma boa atitude, porque o trânsito precisa de mais cidadania, gentileza e educação”, disse ela nos 26 segundos em que o sinal vermelho permanecia fechado no local.

Para Benedito Cantanhedo, que trabalha como vendedor, a sensibilização valoriza a vida das pessoas. “Isso é uma forma de demonstrar o respeito com o pedestre e com as pessoas que fazem parte do trânsito”, destacou o rapaz, que transitava a pé pela rua.

Segundo o agente do DMTT e coordenador do Núcleo de Educação para o Trânsito (NET), Milton Lima, as ações de educação, juntamente com a fiscalização e o setor de engenharia de tráfego, tendem a reduzir o número de acidentes no município.

“Neste momento, estamos com essa ação não punitiva, para sensibilizar, levar mais tranquilidade e gentileza às vias de nossa cidade”, explicou Milton Lima, que reforçou a participação, pela primeira vez, da Guarda Municipal no Dia da Gentileza.

“A música tem o poder de transformar e alegrar o nosso dia. As pessoas estão gostando e param para ouvir. Temos um projeto muito importante da Banda da Guarda Municipal e esperamos a implantação no próximo ano”, enfatizou.

Acidentes em Parauapebas

De acordo com dados do DMTT, no mês de outubro do ano passado foram registrados 72 acidentes no trânsito, sendo que no mesmo período de 2017, foram registrados 50, representando uma redução de 30,5%.

“Estamos próximo as festas de final de ano e estamos pedindo, mais uma vez, que as pessoas repensem suas atitudes e que busquem sempre promover a segurança no trânsito”, finalizou Milton Lima.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!