Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Política

Nova diretoria do PSC em Parauapebas é apresentada pelo vice-governador

Zequinha Marinho anunciou ainda nova meta do partido para filiações no estado

As lideranças do Partido Social Cristão (PSC) em Parauapebas se reuniram na tarde deste sábado (5), no Plenarinho da Câmara Municipal, para participar de uma palestra com o vice-governador Zequinha Marinho, que também é o presidente estadual do partido. Na ocasião, a nova diretoria do PSC Parauapebas foi apresentada.

O vereador Marcelo Parcerinho foi o escolhido para presidente, o professor Pedro Jacques de Oliveira para vice-presidente, Jeremias Gomes Cavalcante para secretário, Valdivino da Silva Linhares para tesoureiro, e Manoel Messias Alves da Silva, Ronam Gomes Pereira Neto e o empresário Magleano Baesse Carvalho são suplentes.

Atualmente, o PSC tem em torno de 30 mil filiados em todo o estado do Pará; o vice-governador apresentou durante o evento a meta do partido para aumentar esse número, no prazo de um ano. “A população brasileira é simpatizante do nosso partido. Defendemos os valores cristãos, temos condições de alcançar a nossa meta, que é de 200 mil filiados”, afirmou Zequinha Marinho.

Quando questionado sobre a ousadia da meta, uma vez que ela aumenta em quase sete vezes o número atual de filiados, o presidente estadual do partido compartilhou que a estratégia é focar por segmento: “vamos dividir isso por etapa e envolver o nosso pessoal de forma que mulheres atraiam mais mulheres, jovens tragam mais jovens. Cada um trabalhando com o seu segmento”.

Zequinha Marinho destacou a importância da cidade na conquista da meta, “Parauapebas tem 150 mil eleitores, 4% disso dá seis mil filiados. Queremos aqui pelo menos 3 mil homens, 1.500 mulheres e 1.500 jovens; essa é a meta mínima para o município. O Marcelo Parcerinho é jovem, é político, é um vereador maduro, está no segundo mandato, tem tarimba e boa relação em toda a cidade. Tenho certeza que ele à frente vai animar os seus colegas para que isso aconteça”.

“É uma grande felicidade retornar à presidência do partido; a primeira vez foi em 2008. Na última eleição, o PSC tirou mais de oito mil votos. Nossa meta, estabelecida pelo diretório estadual, é alcançar seis mil filiados. Acredito muito que é possível alcançarmos esse desafio”, afirmou Marcelo Parcerinho.

Seja o primeiro a escrever um comentário

Deixe uma resposta