Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Adepará

Pará mantém alta cobertura vacinal contra a febre aftosa

Ao todo, 19.838.851 animais foram vacinados e estão livres da febre aftosa em todo o Estado. As regiões de Altamira, Capitão Poço, Itaituba, Novo Progresso, Oriximiná, Rondon do Pará, Tucumã e Xinguara ultrapassaram a marca de 99% de cobertura vacinal.

Em 2016, o Pará se manteve entre os estados brasileiros com maior cobertura vacinal contra a febre aftosa. O Estado atingiu a marca de 98,21%, ultrapassando a meta de 90% exigida pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Com o índice vacinal alcançado, o Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), e o setor produtivo mantêm o seu compromisso com a defesa agropecuária e com a manutenção do rebanho livre da doença, garantindo mercados, segurança alimentar e produtos de qualidade.

O resultado é referente à segunda etapa da Campanha Estadual de Vacinação contra a Febre Aftosa, realizada pela Adepará de 1º de novembro a 15 de dezembro do ano passado, abrangendo praticamente todo o Estado, exceto o Arquipélago do Marajó e os municípios de Faro e Terra Santa.

“Tivemos um bom resultado na segunda fase da campanha de combate à aftosa em 2016. Esse índice já uma constante nossa, média mantida em novembro de 2015, em maio de 2016 e agora, em novembro de 2016, novamente. De uma maneira geral, estamos mantendo um alto nível de vacinação no Pará”, avaliou o gerente do Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, George Santos. Na etapa de novembro de 2015, a cobertura alcançada foi de 98,89%. Já na etapa seguinte, em maio de 2016, o estado chegou a 98,83%.

Ao todo, 19.838.851 animais foram vacinados e estão livres da febre aftosa em todo o Estado. As regiões de Altamira, Capitão Poço, Itaituba, Novo Progresso, Oriximiná, Rondon do Pará, Tucumã e Xinguara ultrapassaram a marca de 99% de cobertura vacinal.

Com o percentual de 98%, o Estado ultrapassou os 90% da meta estipulada pela OIE e também a estabelecida pelo Plano Plurianual do Estado (PPA), que foi de 94% para o ano de 2016. “Um percentual de 98% é um índice importante, sobretudo, para iniciarmos o ano de 2017, que será o ano onde a defesa agropecuária terá um papel fundamental para garantir a nossa produção e conquistar mais mercados. Parabéns para os servidores da Adepará e para o setor produtivo, que é parceiro e responsável por vacinar o seu gado”, agradeceu o diretor geral da Adepará, Luciano Guedes.

Deixe uma resposta