Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Saúde

Parauapebas conta com tratamentos de ponta em odontologia

De acordo com o Conselho de Odontologia, há pelo menos 193 dentistas em Parauapebas. A especialidade mais ofertada no município é a ortodontia.

Em entrevista ao Blog, o cirurgião dentista Marcos Soares, que é representante em Parauapebas do Conselho Regional de Odontologia (CRO) do Pará, explicou algumas atribuições do órgão e destacou que a cidade conta com atendimento odontológico de ponta.

“Nos últimos dez anos, os profissionais do ramo que atuam na cidade têm buscado intensivamente especializações, principalmente por que há bastante demanda por serviços especializados e pela maior oferta de cursos no país, o que facilitou o acesso. Antes eram bem poucos os especialistas, hoje é possível encontrar atendimento altamente especializado em Parauapebas”, afirmou Marcos Soares.

Além da ampliação do número de especialistas em Parauapebas, o representante do Conselho destacou também, como resultado positivo dos últimos anos, a diminuição considerável da prática irregular em odontologia. “Existiam muitos profissionais práticos, que não tinham formação mas atuavam na odontologia, o que é um crime. A atuação da Vigilância Sanitária do Município, com o apoio do Conselho, do Ministério Público, das Polícias e da Imprensa, agregada à chegada de profissionais qualificados à Parauapebas, contribuiu para a diminuição significativa da prática irregular da odontologia, mas infelizmente ainda existem alguns casos”.

Sobre a fiscalização de profissionais que não têm formação e atuam de forma prática na odontologia, o representante do Conselho esclarece que não compete ao órgão tal atribuição e sim à Vigilância Sanitária e ao Ministério Público: “nós atuamos sobre o exercício legal da profissão, com os profissionais dentistas, técnicos de saúde bucal, técnicos de prótese dentária, na relação entre si e com a sociedade. Porém, somos provocados a acompanhar essas situações relacionas à prática irregular da profissão quando recebemos denúncias encaminhamos ao Ministério Público Federal e demais órgãos de investigação para que tomem as medidas necessárias”, informou Marcos Soares.

“O Conselho atua para eliminar o mau profissional da sociedade. No ano passado realizamos instrução ética com cerca de 30 profissionais, no sentido de orientá-los. Até o final deste semestre faremos nova reunião”, expôs o representante do Conselho.

Marcos Soares, que é representante do CRO-PA em Parauapebas há oito anos, esclareceu ainda que o órgão tem contribuído na organização da classe, na fiscalização do exercício da profissão, no estímulo à criação de mais equipes de saúde bucal no serviço público, bem como na defesa dos interesses institucionais junto ao poder público. O resultado direto desse trabalho é a melhoria na qualidade da assistência odontológica da cidade, posicionando-a em níveis semelhantes aos grandes centros do Brasil.

Serviços em odontologia

De acordo com o Conselho, há pelo menos 193 dentistas em Parauapebas e a especialidade que tem a maior oferta no mercado é a de ortodontia. Por outro lado, há carência de mais especialistas em prótese buco-maxilo-facial, odontogeriatria, odontologia para pessoas com deficiências e odontologia do esporte, ainda assim a cidade conta com diversidade de profissionais capacitados e qualificados.

Márcio Soares, por exemplo, é especialista em Periodontia pela Universidade de São Paulo (USP) e em Implantodontia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), além de pesquisador-visitante na Universidade de Granada, na Espanha. Há 12 anos atua nas áreas de Medicina Periodontal (doenças da gengiva e óssea), Plásticas Gengivais, Implantes dentais, utilizando técnicas minimamente invasivas, sendo referência na região Norte do país.

A realização de procedimentos estéticos em clínicas odontológicas, chamados de harmonização facial, tais como rinomodelação, para ajustes no nariz, ou bichectomia, que possibilita a redução de bochechas, também foram pautas da entrevista com o representante do Conselho de Odontologia em Parauapebas.

“O papel do cirurgião dentista vai muito além dos dentes e das especialidades bem conhecidas. Esse profissional pode atuar na reconstrução de traumatismos faciais, através de cirurgias, ou na fixação de próteses de olho, nariz e orelha; na harmonização facial, utilizando a toxina botulínica (botox) e implantes faciais; na modulação hormonal; no tratamento de distúrbios do sono, como ronco, apneia leve e bruxismo; no acompanhamento de atletas profissionais e amadores, uma vez que problemas bucais podem afetar seu desempenho; e no diagnóstico e colaboração dos tratamentos de doenças sistêmicas (do corpo), tais como diabete, doenças do coração, câncer, dentre outras”, relatou Marcos Soares.

De acordo com o entrevistado, no ano passado o Conselho Federal de Odontologia regulamentou e permitiu o uso do botox também para fins estéticos. Porém, alerta que para trabalharem nessas áreas de atuação, os Cirurgiões Dentistas devem possuir autorizações especiais (habilitação) e certificações, que podem ser consultadas no site do Conselho Federal de Odontologia ou do Conselho Regional de Odontologia do Pará.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!