Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Parauapebas: desapropriação de área feita pelo ex-prefeito Darci Lermen, em 2012, trouxe prejuízos ao município

Desde que voltou da Bahia, em meados  de 2015, o ex-prefeito de Parauapebas Darci José Lermen (foto) não tem sido admoestado politicamente por seus adversários. Faz política pelos bairros periféricos e pela Zona Rural de Parauapebas sem a preocupação de responder a nenhuma questão que envolveu sua gestão a frente da prefeitura de Parauapebas (2004/2012).

O Blog recebeu vasta documentação sobre a desapropriação de uma área de 40,40 ha, à margem da PA-275, ocorrida no apagar das luzes de 2012, quando o ex-prefeito concluía sua gestão. Nela, nota-se que o procedimento de desapropriação da referida área teve início através da Portaria 263, de 9 de novembro de 2012. Sendo que o processo recebeu Parecer Final de Procedimento (nº 930/2012) da PGM em data de 10 de dezembro de 2012.

A referida área foi adquirida pelo município junto ao Sr. João Malta de Jesus através do Decreto 568/2012 em 07 de dezembro de 2012. Para tanto o proprietário recebeu a importância de R$19.550,000,00 (dezenove milhões, quinhentos e cinquenta mil Reais) a título de indenização pela área e imóveis nela edificados.

Narra o Decreto que a área destinar-se-ia à construção de um Complexo Universitário em Parauapebas.

Segundo a documentação recebida pelo Blog, existem alguns pontos na desapropriação que estão em desacordo com a realidade. Um deles refere-se ao relevo da área, que não comporta tal empreendimento. Outro ponto é o tempo que se levou desde a Portaria que instaurou o processo até a data final do Decreto desapropriando a área, menos de 30 dias. Por último, e segundo a documentação o fato mais grave, o valor pago à época pela área, cerca de R$2.342,000,00 (dois milhões trezentos e quarenta e dois mil Reais) por alqueire.

Em consulta ao Cartório de Registros de Imóveis, verifica-se, ainda, que até a presente data (já se passaram 1.230 dias desde a assinatura do Decreto) a área não foi averbada em nome do município, fato que denota um descumprimento do acordo firmado entre o município e o desapropriado, Sr. João Malta.

Eleitos para serem os olhos da população, cabe ao vereadores investigar os fatos narrados e, se concluído ter havido algum tipo de improbidade, abrir uma Comissão para apuração imediata.

O certo é que cerca de R$20 milhões de Reais foram pagos por uma área que não foi repassada ao município, já que pode-se constatar in loco que a mesma é até hoje usada pelo desapropriado como pastagem para seu gado e venda de cascalho, e que supostamente pouca serventia terá devido ao relevo acidentado. Pelo menos para o fim do Decreto ela certamente não servirá.

Cabe ainda ressaltar que o atual governo, ciente de que a área adquirida para a implantação do Complexo Universitário em 2012 não servia para tal, adquiriu junto ao fazendeiro Sidney Rubens de Oliveira Barreto uma área de 126,6335 ha (26 alqueires), na PA-160, pelo valor total de R$13 milhões (R$500,000,00/alqueire), para ali ser implantado tal complexo.

O Blogger procurou o ex-prefeito Darci Lermen (foto) para que o mesmo explicasse o que o motivou a efetivar a aquisição da área por aquele valor, mas o mesmo se limitou a dizer que só se pronunciará a respeito quando for instaurada uma denúncia pela Câmara Municipal de Parauapebas. Não nos restou outra alternativa a não ser apelar para os nobres vereadores.

Comentários ( 19 )

  1. recebeu do atual governo que não tem moral nenhuma para falar de ilícitos, 19 milhões é uma bagatela comparada com apenas os 9 milhões só de implanon para jogar no lixo, não adianta, esse governo acaba sem reeleição, ninguém aguenta mais essa quadrilha.

    1. R$0,01 é roubo do mesmo jeito que R$19.000.000 meu caro. Cuidado com o que falas, viste o que um vereador falou? não vamos julgar ninguem, pois o auto-julgamento esta condenando todos neste planeta e isso é só o começo. O político e (o ser humano) que se achar santo, joga a primeira pedra?

    2. R$0,01 é considerado roubo para a verdadeira Justiça que não é deste mundo, cuidado com o que escreve ou com a pedra que joga em alguém hoje, pois ela pode cair na sua cabeça amanhã. O que esta acontecendo nos quatro cantos do planeta chama-se COLHEIRA, é a maior justiça deixa pelo maior Juis deste universo que não julga ninguém o ser humano que se auto-julga. Portanto, deixo aqui o recardo do Superior: O seu julgamento será feito por você mesmo, portanto plante boas sementes, pois o que plantar hoje, colherá amanhã. Não estou nem de um lado nem de outro na política, estou do lado de todos.

  2. No último gongo. Na fumaça do vôo. Na hora do Tchau querida, 20 milhões para dividir com os petralhas. A maior parte foi para o capo, e ele levou para Porto Seguro na Bahia.

    1. O que falar a área que foi comprada pelo velhote na nova carajás em 2013 e que nunca foi feito nada lá, e a do parque dos carajás que comprou do sr hamilton seu financiador de campanha e depois fez doação doida pro sesi???? e a área do instituto ambiental la pros lados da vs 10 que é so mato e campim, ta tudo na internet…. farinha do mesmo saco.. todos eles….

  3. incivel como as pessoas falam desse mar de corrupção como se fossem duas torcidas de times rivais, não observando que todo esse recurso que é gasto indevido pelos nossos gestores público compromete o futuro de nossos filhos e de nossa cidade…é hora de nós, todos nós decidirmos o que queremos para nossa cidade.

  4. Que credibilidade esta nota tem depois daquele teu desastre sobre a Bel Zé Ascom? Logo você que sempre foi vendido para os governos e sempre fez isso para desestabilizar a oposição. Quanta falta de profissionalismo, isso se voce for profissional!

  5. Resta saber agora quais vereadores terão reputação ilibada e idoneidade moral para presidir tal Comissão, se é que ao menos será discutida pelos edis. Mas, enfim, como você mesmo afirmou, é a eles que teremos que recorrer.

  6. Esse com certeza é um recalcado que não conseguiu passar no concurso público e fica falando do Implanom que está ajudando no planejamento familiar…

  7. Tal como lá nas hostes superiores, cá mais em baixo vê-se que há vestígios, quiçá, marcas flagrantes de ilícitos; há pra todos os gostos e todos os lados…

    Senhores, o que vemos é um Prefeito que mostrou a que veio, está trabalhando e está cumprindo com o seu papel de gestor, sendo bombardeado por seus algozes, quase nenhum com condições morais de levantar a cabeça, tamanha é o peso da imoralidade que carregam…
    O Prefeito Valmir falou recentemente na “Arara Azul” algo nesse sentido da matéria do blog, seria bom que tudo ficasse esclarecido para que nós, eleitores, pudéssemos fazer nosso julgamento, afinal é ano de eleição.
    Com todo respeito aos demais candidatos, não vejo nenhum em condições de ganhar do prefeito atual. Se tiverem dúvida é só comparar as realizações dos demais.

  8. Uma grande aberração nesta nota é, dizer que os vereadores são eleitos pra serem os olhos da população, EU MESMO NÃO QUERO QUE ELES SEJAM MEUS ILHOS, POIS NÇAO QUERO ANDAR CEGO. pois este bando de raposas só enxergam o que é de interesse deles, porque que com tanta roubalheira no atual governo, eles vão se preocupar justo pelo que já deixou o poder? e não procuram investigar o que acontece na atual gestão? será que é porque o outro já saio do poder e, eles não tem como usurpar mais nada? RESPONDA QUE SOUBER.

  9. quero o prefeito no comendo de parauapebas mais 04 anos para que o dezenvolvimento
    nao pare porque um prefeito dentro de 3 anos fazer mais obra do que 8 anos do ex.pref.

  10. Gente o que é isso!
    Que obras, o povo morrendo e sendo maltratado nas filas dos postos de saúde,
    os exames que não tem ou não chega, a falta de medicação.
    A prioridade para famílias pobres é a saúde, o salário mal dar para o sustento ainda tem que pagar por exames e comprar medicamentos que deveriam ser fornecidos pelo SUS.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!