Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Parauapebas goleia a Desportiva no Rosenão na estreia da Segundinha do Parazão

O PFC venceu o time de Marituba, por 3 a 0, e lidera a Chave A2 com três pontos

Por Fábio Relvas

O Parauapebas Futebol Clube (PFC) estreou na Segundinha do Parazão na tarde deste domingo (15/10), no estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão. O PFC não decepcionou a sua torcida e em casa se impôs na partida e derrotou a Desportiva Paraense da cidade de Marituba por 3 a 0. Os gols do Gigante de Aço foram assinalados por Felipe Baiano duas vezes e Aleílson.

O PFC somou os três primeiros pontos na Chave A2 da competição e já lidera devido ao saldo de gol. O PFC volta a campo contra o Tiradentes no próximo sábado (21/10), às 15h30, provavelmente no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém.

O jogo: 3 a 0 PFC

A partida começou com os times na correria em busca do gol. O Parauapebas tinha mais posse de bola, enquanto que a Desportiva esperava para surpreender em contra-ataque. O PFC chegou primeiro, quando Thiago Potiguar cobrou falta da direita e o atacante Monga cabeceou firme para marcar, a zaga afastou em cima da linha. O time de Marituba quase abriu o marcador em uma jogada rápida, Ivan driblou e tocou para Ronaldo, que acertou a trave e na volta, a bola sobrou e espirrou na zaga voltando para o atacante da Desportiva, que disparou para a defesa de Cleriston.

Quando chegou novamente, o Gigante de Aço teve a chance de marcar. O árbitro Raimundo Gilson Gonçalves de Brito assinalou pênalti, após a bola tocar na mão do zagueiro da Desportiva dentro da área. Monga cobrou forte rasteiro, mas o goleiro Alan defendeu bem e salvou a equipe de Marituba. No lance seguinte não teve jeito. Thiago Potiguar cobrou falta da direita na cabeça de Felipe Baiano, que testou forte para o fundo do gol, festa no Rosenão, 1 a 0 PFC.

A torcida começou a apoiar e o Parauapebas foi no embalo dentro de campo. Em uma boa jogada trabalhada envolvendo toques pelo meio, a bola chegou até o lateral-direito Wanderson, que levantou na medida para o atacante Aleílson, que subiu sozinho no meio da zaga e de cabeça mandou para o fundo do gol adversário para explodir de vez o estádio Rosenão de alegria, 2 a 0, Gigante de Aço.

No segundo tempo, a dinâmica do jogo seguiu como na primeira etapa, com o PFC atacando e a Desportiva se defendendo, mas saindo um pouco mais para o campo de ataque. O Gigante de Aço chegou com Aleílson, que recebeu lançamento, tirou da marcação e bateu em cima do goleiro Alan. Em mais uma grande jogada do time da casa, Thiago Potiguar ganhou na velocidade e cruzou da direita, o goleiro Alan afastou o perigo e na sobra Felipe Baiano acertou um chutaço de primeira marcando um golaço no jogo, 3 a 0 Parauapebas.

Depois do terceiro gol, o PFC começou a tocar a bola e fazer o tempo passar devido a boa vantagem no placar. Quando chegou foi novamente com perigo. Danúbio recebeu livre no meio e mandou um chute forte parando na defesa do goleiro Alan. Os visitantes tentaram diminuir com Andrey, que pegou uma sobra de bola e mandou um chute perigoso passando perto da meta de Cleriston. Na segunda tentativa, Ronaldo mandou um chutaço e a bola caprichosamente explodiu na trave do PFC. Placar final: Parauapebas 3 x 0 Desportiva. “Dentro da proporção e na condição que nos deram, eu acredito que foi bom. É lógico que a equipe deles trabalha junto tem três meses e com um padrão de jogo melhor. Foi bom pelo resultado e vamos ver mais os defeitos que a equipe apresentou para a gente procurar corrigir e para buscar esses pontos agora fora de casa, porque é bom começar ganhando e a gente tem que esquecer isso e trabalhar agora para o jogo de sábado (contra o Tiradentes)”, afirmou Everton Goiano, técnico do Parauapebas.

A Desportiva teve dificuldades para a partida contra o PFC em termo de escalação. A equipe de Marituba atuou com um time mesclado devido à participação em dois campeonatos simultâneos: o Campeonato Paraense sub-20 e a Segundinha do Parazão. Ao mesmo tempo que estava atuando contra o Parauapebas no Rosenão pela a competição estadual, a outra equipe atuou contra o Clube do Remo, valendo pelas quartas de final do sub-20 e acabou perdendo para o Leão Azul, por 3 a 2, em Belém.

“No início tivemos uma jogada que poderíamos ter finalizado e ter feito o gol e depois uma bola na trave, que também poderíamos ter feito o gol, aí o time deles com uma boa qualidade técnica, o individual muito forte foi lá e decidiu em dois lances no primeiro tempo. No segundo tempo 2 a 0 fica um placar praticamente para eles mais confortável, mais tranquilo e em uma bola, em um contra-ataque, eles fizeram um gol também quando a gente tinha que sair um pouco mais. Tivemos que distribuir o time no sub-20 e aqui, e ainda com os jogadores que não caíram no BID. Então para o próximo jogo a tendência que estejamos com um individual forte também”, analisou Walter Lima, técnico da Desportiva.

FICHA TÉCNICA

PARAUAPEBAS: Cleriston; Wanderson, Cris, Wanderlan e Neílson; Francesco (Danúbio), Gilberto (Everton Luís), Felipe Baiano e Thiago Potiguar; Monga (Tozim) e Aleílson. Técnico: Everton Goiano

DESPORTIVA: Alan, Andrey, Douglas, Renan e Felipe; Guilherme, Ivan (Leandro), Juninho e Samuel; Ronaldo e Matheus (Bruno). Técnico: Walter Lima

Árbitro: Raimundo Gilson Gonçalves de Brito
Assistentes: Emanuel Ferreira do Amaral Júnior e Antônio Alves Teixeira Filho
Quarto árbitro: André Michel Petri Galina
Cartões amarelos: Neílson, Francesco, Everton Luís e Aleílson (Parauapebas); Matheus (Desportiva)
Local: Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, em Parauapebas

Resultados da Segundinha

Chave A2
Carajás 1 x 0 Tiradentes
Parauapebas 3 x 0 Desportiva

Chave A3
Gavião Kyikatejê 1 x 1 Paraense

Com a desistência do Pedreira de Mosqueiro, todos os jogos da Chave A1 foram adiados

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!