Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Sem categoria

Parceria investirá R$ 7,2 mi em Saneamento no Pará

Uma reunião realizada na quinta-feira (8), em Brasília, entre o Ministério da Integração Nacional, Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), marcou a assinatura do termo de cooperação técnica, que visa à implementação de um Programa de Saneamento Básico em 40 municípios do Pará. O acordo celebrado vai atuar na execução dos planos municipais que trarão melhorias para o sistema de saneamento básico em regiões com menos de 50 mil habitantes.

A ação receberá o investimento de mais de R$ 7,2 milhões, em recursos da Funasa. A primeira parcela, no valor de R$ 1,9 milhão, já foi liberada para início dos trabalhos. “Não existe saúde sem saneamento”, afirmou o diretor de engenharia de saúde da Funasa, Leonardo Tavares. Os planos municipais ajudarão na implantação das obras dos sistemas de tratamento de água e esgoto, entre outras ações previstas.

Segundo o ministro Helder Barbalho, investimento potencializará o processo de gestão, trazendo melhorias para a qualidade dos serviços ofertados. “Queria festejar esta mais esta conquista fruto do trabalho que pude fazer junto com a deputada federal, Elcione Barbalho, que permite levar mais saneamento básico a estes municípios que tanto necessitam de desenvolvimento”, afirmou o ministro.

Lista dos demais municípios contemplados:

Augusto Correa
Aurora do Pará
Aveiro
Belterra
Bonito
Cachoeira do Arari
Cachoeira do Piriá
Chaves
Colares
Concórdia do Pará
Curuça
Eldorado dos Carajás
Faro
Gurupá
Igarapé-açu
Jacareacanga
Juruti
Magalhães Barata
Maracanã
Mocajuba
Nova Timboteua
Novo Progresso
Óbidos
Oeiras do Pará
Ourém
Ourilândia do Norte
Palestina do Pará
Ponta de Pedras
Porto de Moz
Quatipuru
Salvaterra
Santa Maria das Barreiras
Santa Maria do Pará
Santo Antônio do Tauá
São Domingos do Araguaia
São João de Pirabas
Terra Alta
Terra Santa
Uruará
Vigia de Nazaré

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. ZÉ,deixa ver se eu entendi,$7.200,000,00,é isso?se for isso mesmo,dividindo por 40 municípios,vai dá $180.000,00 para cada(em tese),eu digo em auto o bom som que essa é mais uma jogada de marketing de filhote de tracajá com sapo boi,campanha pura, faz barulho e não resolve nada,a menos que saneamento na cabeça desse idiota,seja abrir fossa,com esses trocados aí,não sai um metro de tubulação,até porque a intenção não é essa,essa família de calhordas quer mesmo é capitalizar politicamente,tão querendo fazer no mínimo 40 prefeitos nesses municípios citados tornando-os seus arrecadadores paralelos para daqui a dois anos trabalharem em seu favor para o governo do estado,a família barbalho é mafiosa e quer continuar mamando para sempre nas tetas do governo,toma vergonha cambada de “cafagangsters”(essa,inventei agora)

Deixe uma resposta