Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Paysandu e São Bento empatam com gol de pênalti no final do segundo tempo

O artilheiro Cassiano tirou o Papão do sufoco e empatou no final, deixando o time bicolor invicto na Série B
Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas
Fotos: Fernando Torres/Ascom Paysandu

Foi no sufoco, mas o Paysandu segue invicto no Campeonato Brasileiro da Série B. Em partida realizada na tarde deste sábado (19), no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém, o Papão ficou no empate, em 1 a 1, diante do São Bento-SP, em jogo válido pela sexta rodada da competição nacional. O resultado colocou o time bicolor no G4 da competição, com 12 pontos.

O time do interior paulista abriu o placar com o ex-bicolor Diogo Oliveira, que acertou um chute no ângulo, aos 15 minutos do primeiro tempo. O gol de empate do Papão só saiu aos 45 minutos do segundo tempo, em pênalti convertido pelo artilheiro Cassiano.

O próximo compromisso do Paysandu será contra o Avaí-SC, na sexta-feira (25), às 19h15, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

O jogo: Tudo igual na Curuzu

Embalado pelo título de bicampeão da Copa Verde no meio de semana, o Paysandu partiu para cima do adversário. O atacante Claudinho fez boa jogada individual e cruzou, mas ninguém do Papão chegou para finalizar o lance. Quem chegou para marcar foi o São Bento: o ex-bicolor Diogo Oliveira recebeu livre na direita e soltou o pé no ângulo do goleiro Renan Rocha, marcando um golaço na Curuzu, aos 15 minutos de jogo, 1 a 0.

A perigosa equipe do interior paulista foi para o ataque novamente quando Walterson recebeu na área e, mesmo marcado por Diego Ivo, conseguiu rolar para trás; Diogo Oliveira chegou batendo para a grande defesa do goleiro Renan Rocha. O time bicolor teve a chance na cobrança de falta de Thomaz, mas desta vez foi o goleiro Rodrigo Viana que apareceu bem salvando os paulistas.

Em outra jogada do time paraense, o atacante Claudinho deu uma de pivô para Thomaz, que chegou batendo de primeira e a bola passou assustando contra a meta do goleiro Rodrigo Viana. Aparecendo bem na partida, Thomaz cruzou na área para o toque de cabeça de Diego Ivo, mas a bola foi para fora. A torcida do Papão não gostou do rendimento da equipe e vaiou o time na descida para os vestiários.

Na segunda etapa, o time bicolor teve dificuldades de entrar na defesa adversária. Quem quase voltou a marcar foi o São Bento, novamente com o meia Diogo Oliveira, que conseguiu abrir espaço para chutar e mandou um bolaço; a bola ainda desviou na zaga do time paraense.

Veja também:  Remo perde para o Salgueiro no Mangueirão e fica próximo do Z2 da Série C

O Papão tentou chegar com Moisés, que cruzou para a boa defesa de Rodrigo Viana. Em uma falta cobrada por Pedro Carmona, o atacante Cassiano subiu para cabecear, mas a bola foi por cima da meta paulista.

O meia Pedro Carmona, que entrou no intervalo, pediu para sair e o técnico Dado Cavalcanti colocou o inglês Ryan Williams, que finalmente fez sua estreia com a camisa do Paysandu, para a vibração da Fiel Bicolor. O time paraense chegou com Moisés, que cruzou para a bicicleta do zagueiro Edimar; atento, o goleiro Rodrigo Viana fez a defesa. Se os atacantes não estavam resolvendo, os zagueiros do Papão começaram a se arriscar lá na frente. O inglês Ryan Williams abriu a jogada na esquerda e Diego Ivo mandou para o gol, mas a bola foi em cima do goleiro.

O Paysandu voltou ao ataque com Moisés, que deu passe para Thomaz, mas a bola bateu na mão do lateral-direito Éverton Silva e o árbitro Elmo Alves Resende Cunha, de Goiás, assinalou pênalti. O atacante Cassiano, artilheiro do Papão na temporada, cobrou no canto direito; o goleiro Rodrigo Viana tocou na bola, mas não evitou o empate, aos 45 minutos, 1 a 1, para a explosão da Fiel Bicolor na Curuzu.

O árbitro acrescentou mais cinco minutos. Em uma confusão entre os jogadores no meio de campo, o volante do Papão Renato Augusto, acabou recebendo cartão vermelho. Placar final: Paysandu 1 x 1 São Bento-SP.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Edimar, Perema (Pedro Carmona) (Ryan Williams) e Diego Ivo; Matheus Silva, Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz e Carlinhos (Moisés); Claudinho e Cassiano.
Técnico: Dado Cavalcanti

SÃO BENTO: Rodrigo Viana; Éverton Silva, Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Fábio Bahia, Dudu Vieira, Doriva e Diogo Oliveira (Lucas Crispim); Walterson e Zé Roberto.
Técnico: Paulo Roberto Santos

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Edson Antônio de Sousa (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)

Cartões amarelos: Thomaz, Nando Carandina e Claudinho (Paysandu); Zé Roberto, Paulinho, Walterson, Doriva, Dudu Vieira e Lucas Crispim (São Bento)
Cartão vermelho: Renato Augusto (Paysandu)
Gols: Diogo Oliveira, aos 15 minutos do 1° tempo para o São Bento; Cassiano, de pênalti, aos 45 minutos do 2° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém
Renda: R$ 88.665,00
Pagantes: 5.331
Sócio Bicolor: 3.000
Credenciados: 1.490
Total: 6.821

Deixe uma resposta