Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Paysandu fica no empate sem gols diante do CSA na Curuzu e sai vaiado de campo

O time bicolor não agradou sua exigente torcida, seguindo sem vencer por três rodadas
Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas
Foto: Fernando Torres / Ascom Paysandu

O Paysandu Sport Club não mostrou um bom futebol na noite deste sábado (16) e só empatou diante do CSA-AL, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. A partida foi válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Papão segue fora do G4 com 16 pontos, em 8° lugar, e sem vencer há três partidas, enquanto o CSA vai se segurando no G4, estando em na 4ª posição, com 20 pontos.

O Paysandu volta a campo pela 12ª rodada da Série B, diante do CRB-AL, no próximo sábado (23), às 21h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

O jogo: Paysandu 0 x 0 CSA

As duas equipes queriam quebrar a sequência negativa na Série B e a primeira chance foi do Paysandu em bola parada, mas, na cobrança de falta de Dionathã, a bola passou sem muito perigo contra a meta alagoana. Após um vacilo da zaga bicolor, Daniel Costa quase abriu o marcador para o CSA, mas a bola foi para fora. Outra vez o meia Daniel Costa cruzou e a bola passou por todo mundo, se perdendo pela linha de fundo.

O time alagoano estava gostando do jogo; o atacante Hugo Cabral disparou um chute forte e a bola foi para fora. Os paraenses reagiram também com um chute de fora da área, desferido por Dionathã, mas o goleiro Mota mandou para escanteio. O Papão tentava chegar com bolas alçadas na área, mas Mota estava seguro, defendendo bem para o CSA. O time visitante também alçou bola venenosa na área, a qual Edimar cortou para escanteio, aliviando o perigo.

Veja também:  Remo perde para o Confiança e se aproxima do Z4 do Grupo A da Série C

Na etapa final, o técnico Dado Cavalcanti, a pedido da Fiel Bicolor, mudou o meio-campo do Paysandu, tirando Danilo Pires e colocando Pedro Carmona em campo. Em uma falta cobrada pelo Papão, o atacante Mike quase aproveitou uma cochilada da zaga adversária, mas a bola foi para fora. Dionathã estava querendo marcar o seu gol e mandou um chutaço que parou, mais uma vez, na boa defesa de Mota, espalmada para escanteio.

A torcida sentiu que o momento era bom, incentivou nas arquibancadas e o time bicolor foi para a pressão. Após uma falha do goleiro Mota, o zagueiro Diego Ivo não aproveitou o lance e perdeu a chance de abrir o marcador; o time alagoano respondeu com Ferrugem, que fez jogada individual, mas a zaga bicolor aliviou o perigo. Em busca de vencer o jogo de qualquer maneira, o zagueiro Edimar preferiu arriscar de longe, mas errou o alvo. Final de jogo: Paysandu 0 x 0 CSA. A torcida bicolor vaiou o time na descida para os vestiários.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Matheus Silva, Edimar, Diego Ivo e Mateus Muller; Nando Carandina, Renato Augusto e Danilo Pires (Pedro Carmona); Cassiano, Dionathã (Moisés) e Mike (Magno).
Técnico: Dado Cavalcanti

CSA: Mota; Dawhan, Leandro Souza, Xandão e Echeverría; Edinho, Ferrugem (Taiberson) e Daniel Costa (Roger); Niltinho, Hugo Cabral (Yuri) e Michel Douglas.
Técnico: Marcelo Cabo

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)
Cartões amarelos: Matheus Silva (Paysandu); Edinho, Leandro Souza, Dawhan e Niltinho (CSA)

Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém
Renda: R$ 40.250,00
Pagantes: 2.704
Sócio Bicolor: 1.626
Credenciados: 1.320
Total: 4.024

Seja o primeiro a escrever um comentário

Deixe uma resposta