Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Paysandu perde para o Goiás no estádio Serra Dourada e estaciona no 14° lugar da Série B

O Papão não teve força em Goiânia e acabou saindo derrotado de campo em um jogo fraco

Por Fábio Relvas

O Paysandu Sport Club voltou a perder pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Na tarde deste sábado (23/09), o Papão enfrentou o Goiás (GO), no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e saiu derrotado pelo placar de 2 a 1. Os gols do time esmeraldino foram assinalados pelo meia Tiago Luís (ex-Paysandu) e pelo lateral-esquerdo Carlinhos, enquanto que o volante Rodrigo Andrade
descontou para o bicola. O próximo compromisso do time paraense será contra o Guarani (SP) na terça-feira (26/09), às 21h30, no estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém.

O jogo: Goiás 2 x 1 Paysandu

O Goiás entrou pressionado pela torcida já que há sete rodadas o time não sabia o que era vencer. Foi a estreia do técnico Hélio dos Anjos a frente do esmeraldino. A primeira chance foi dos donos da casa, depois que Tony fez jogada individual e deu passe para o atacante Aylon, que disparou alto sobre a meta de Emerson. O jogo estava morno, quente mesmo era a temperatura no estádio Serra Dourada, o que obrigou ao árbitro Rodolpho Toski Marques (PR/Fifa), a paralisar a partida com a famosa parada técnica, que serviu para a hidratação dos jogadores em campo. Isso aos 24 minutos do 1º tempo.

Apesar da parada, os atletas de Goiás e Paysandu, não renderam o suficiente para levar perigo às metas adversárias, o que deixou a torcida do Verdão irritada levando as vaias ao time, que precisava desesperadamente dos três pontos na partida.

Na segunda etapa o jogo começou da mesma maneira, com pouca criação das equipes. O Goiás fez boa jogada envolvendo três jogadores, até que a bola chegou para a cabeçada do meia Tiago Luís, que tocou firme, mas mandou para fora. A arbitragem anulou o lance marcando impedimento. No lance seguinte, não teve jeito. Tony cobrou falta da direita e Tiago Luís (ex-Paysandu), mergulhou de cabeça para abrir o placar, aos 14 minutos, 1 a 0.

O time paraense não sentiu o gol e tentou chegar em bola parada, quando Bergson foi derrubado próximo da grade área. O lateral-direito Ayrton de frente para o crime, acabou carimbando a barreira adversária. Quem não faz leva. O Goiás aproveitou mais um erro da zaga do Papão e ampliou. Mais uma vez o lateral-direito Tony cruzou com perfeição para a chegada do lateral-esquerdo Carlinhos, que meteu a cabeça na bola e balançou as redes, marcando o segundo, 2 a 0, aos 33 minutos. Festa no estádio Serra Dourada.

O Paysandu tinha esperança na bola parada e foi em uma delas que diminuiu o placar. Após cobrança de escanteio, o atacante Marcão desviou de cabeça e a bola chegou até o volante Rodrigo Andrade, que completou com estilo, 2 a 1, aos 37 minutos. O time esmeraldino quase chegou ao terceiro, quando o Aylon mandou colocado, a bola passou tirando a tinta da meta bicolor, a galera do Verdão ficou no “uh”. Placar final: Goiás 2 x 1 Paysandu.

Ficha técnica

GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Everton Sena, Pedro Bambu, Léo Sena (Elyeser) e Tiago Luis (Andrezinho); Carlos Eduardo (Nathan) e Aylon. Técnico: Hélio dos Anjos

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Perema, Douglas Mendes e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina (Juninho), Rodrigo Andrade e Diogo Oliveira (Jhonnatan); Bergson (Magno) e Marcão. Técnico: Marquinhos Santos.

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR/Fifa)

Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Cartões amarelos: Carlinhos, Léo Sena, Carlos Eduardo e Andrezinho(Goiás); Ayrton, Guilherme Santos e Nando Carandina (Paysandu)

Gols: Tiago Luís aos 14 e Carlinhos aos 33 minutos do 2º tempo para o Goiás e Rodrigo Andrade aos 37 minutos do 2º tempo para o Paysandu

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia

Público pagante: 11.343 – Público presente: 12.820 – Renda: R$ 73.310, 00

Foto: Cristiano Borges / O Popular

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!