Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Polícia

Polícia prende, em SP, homicida de professora de Cumaru morta em Redenção em 2015

Maria Helena foi sequestrada quando fazia uma transação bancária em Redenção e foi levada para um cativeiro em Conceição do Araguaia.

Em 10 de dezembro de 2015, a professora Maria Helena, funcionária do sistema de educação de Cumaru do Norte foi sequestrada e em sua conta foi retirada a quantia de R$50 mil. Posteriormente, o corpo da professora foi encontrado nas imediações do município de Redenção. O crime chocou o pequeno município de Cumaru, visto que, no dia 15 de dezembro, a Polícia Civil do Pará prendeu Cleudiane Moura dos Santos, Lourival Gomes dos Santos e Maurício Oliveira. A primeira era superior hierárquica da vítima, trabalhava junto com ela e tinha sua inteira confiança.

Maria Helena foi sequestrada quando fazia uma transação bancária em Redenção e foi levada para um cativeiro em Conceição do Araguaia. De acordo com informações da Polícia Civil, à época, logo após a confirmação do depósito bancário no valor de R$ 50 mil, que pagaria o resgate, os criminosos mataram a vitima a pauladas.

Os três suspeitos confessaram o crime e indicaram o autor do homicídio: David Nunes Inácio. Contra David foi expedido um mandado de prisão preventiva pela justiça de Redenção.

Veja também:  Redenção: Feminicídio ainda está sem explicação

Passados quase três anos, a polícia civil de Redenção, por meio da Superintendência Regional do Araguaia Paraense e em parceria com a Polícia Militar do Estado de São Paulo acaba de cumprir o mandado de prisão preventiva contra David Nunes Inácio, em Santa Izabel, na grande São Paulo, onde estava residindo.

Segundo o delegado Antonio Miranda, David será recambiado para Redenção o mais rápido possível e ficará preso à disposição da justiça para responder pelo crime.

Deixe uma resposta