Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

Prefeito de Curionópolis sanciona lei que reduz em 50% a taxa de imposto sobre serviços

O prefeito de Curionópolis, Wenderson Chamonzinho (PMDB), após aprovação da Câmara Municipal, sancionou nesta sexta-feira (8) a Lei Municipal nº 1.117/2016, que autoriza a concessão de desconto de 50% no recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). O incentivo fiscal visa beneficiar novas empresas interessadas em se instalar no município.

Com o benefício aprovado, a partir de agora os novos empreendimentos que se instalarem no município de Curionópolis, ao invés de recolher a taxa atual de 5% de ISSQN, vão recolher apenas 2,5%, portanto, um desconto de 50% no imposto devido.

O artigo 5º da referida lei assegura que os benefícios fiscais previstos “não causarão impacto negativo nos orçamentos anuais dos exercícios subsequentes, bem como não afetarão as metas de resultados fiscais previstos no anexo de metas fiscais da Lei de Diretrizes Orçamentárias [LDO] de 2016”.

Diz ainda o artigo acima que os impactos financeiros decorrentes da aplicação do disposto na referida lei foram considerados na estimativa da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício fiscal de 2017.

O prefeito Wenderson Chamon justificou que, considerando a crise financeira que atualmente assola a região, a lei que vai conceder desconto no imposto sobre serviços pretende beneficiar tanto as empresas que se instalarem suas sedes no município de Curionópolis como também à população, que vai dispor de novas ofertas de emprego.

O gestor municipal ressalta que a redução de 50% no recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza só vai beneficiar os novos empreendimentos a se instalarem daqui pra frente em Curionópolis. “As empresas que já exercem atividades no município continuarão recolhendo a taxa atual de 5% de ISS”, enfatiza Wenderson Chamon. (Waldyr Silva)

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. Esse filme é repetido,tática equivocada praticada quando se quer dá um estelionato político,foi mais ou menos assim que o PT levou o Brasil a banca rota,incentivos fiscais para fomentar a economia,consequente queda na arrecadação,pedaladas fiscais para cobrir o rombo e manter a compra de votos travestidas de políticas sociais etc…olha no que deu!!!óbvio que não foi só isso mas…

Deixe uma resposta