Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Processo de demarcação de área indígena no Pará pode travar construção de usina

A Fundação Nacional do Índio (Funai) publicou ontem, no Diário Oficial da União, o relatório da equipe de antropólogos que identifica a terra indígena Sawré Muybu, dos índios mundurukus, no Pará. A ação marca o começo do processo de demarcação de uma terra indígena que pode ter 170 mil hectares e é solicitada pelos índios há dez anos.

É, também, um problema para o projeto do governo de construir na região a hidrelétrica de São Luiz do Tapajós.

A Terra Indígena Sawré Muybu tem 178.173 hectares e é de ocupação tradicional do povo Munduruku. Está localizada nos municípios de Itaituba e Trairão, estado do Pará. O processo de demarcação da área teve início em 2007, quando foi instituído o primeiro GT para realizar os estudos de identificação e delimitação.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!