Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Projeto de Lei inclui Dia sem carro no calendário do município de Parauapebas

A data de 22 de setembro será incluída no calendário oficial de eventos do município como “Dia Municipal sem Carro” em Parauapebas. É o que prevê o Projeto de Lei nº 038/2015, de autoria do vereador Bruno Soares (PSD), aprovado na última terça-feira (14), durante sessão da Câmara Municipal.

No texto do projeto, o autor argumenta que a celebração desta data já ocorre em diversas cidades do mundo, com o objetivo de estimular as pessoas a refletir sobre o uso excessivo do automóvel, além de incentivá-las a reduzir o uso de carros e motos, ou substituí-los por meios de transporte mais sustentáveis, como bicicleta.

A ideia é que as pessoas experimentem, pelo menos nesse dia do ano, formas alternativas de mobilidade, descobrindo que é possível se locomover pela cidade sem usar automóvel”, relatou Bruno Soares.

Segundo Bruno, a inclusão da data no calendário municipal é importante, pois assim o poder público ampliará esforços para promover atividades e campanhas educativas no intuito de atrair adeptos ao não uso de veículos motorizados.

Já existem vários grupos de ciclistas no nosso município. E é importante que o governo dê suporte para incentivar cada vez mais pessoas a aderirem ao uso da bicicleta. Acredito que este foi o governo que mais fez ciclovias. Podemos observar na rodovia PA 160 e na Estrada Faruk Salmen. Essa lei vai contribuir para que a municipalidade esteja no centro da promoção dessa atividade, que é tão saudável e sustentável”, argumentou o vereador.

O vereador Charles Borges (Pros), que faz parte de grupos de ciclistas, destacou que é preciso haver mobilização para proteger a Floresta Nacional de Carajás. “Moramos em um lugar privilegiado e não nos damos conta do mal que fazemos à natureza. Estamos degradando, derrubando morros e usando veículos que também agridem o meio ambiente. Um dia sem carro é uma forma de começarmos a nos moldar. Além disso, é economicamente viável para o bolso, pois temos um dos combustíveis mais caros do país”.

O projeto foi aprovado em discussão única e será encaminhado para sanção do prefeito Valmir Mariano. (ASCOM CMP)

 

Comentários ( 5 )

  1. São os projetos de lei copiados de outras cidades, deveriam se preocupar com a cidade e com seus problemas que no decorrer dos anos ninguém de peito resolve:
    – Títulos definitivos dos bairros;
    – Rede de esgoto;
    – Iluminação nas vias;
    – Segurança.
    As promessas todos tem… Cumpri? A lábia é tão boa que vai passando…

  2. Ate parece que temos uma politica de mobilidade urbana,ciclovias, com coletivos novos transito sem gargalos, que ninguem precisa levantar cedo para ir para o trabalho etc etc etc!
    Perguntaram isto aos empresários se eles vão perdoar se todos chegarem atrasados ao trabalho neste dia?

  3. Seria importante para a comunidade em geral se tivéssemos um transporte publico de qualidade parece que esses vereadores vivem em outra cidade. Eu duvido esse vereador deixar o transporte dele em casa e utilizar transporte público! Tremenda palhaçada!

  4. Nobres vereadores, vamos preocupar com a falta de saneamento básico, Saúde, Educação, Transporte Público, segurança Pública e Iluminação, pois o nosso município esta muito mal fiscalizado por vocês, que deveriam nos representar no nosso deprimente legislativo municipal, que em alguns momentos vocês expuseram Parauapebas nas manchetes dos principais jornais do pais, com determinado vereador reclamando da sua remuneração de R$13.800,00, teria que fazerem falcatruas para sobreviver. Em 28 anos de emancipação do nosso município, esta foi uma das piores legislatura que nos tivemos, mas fiquem tranquilos que em 02 de outubro vocês serão bem lembrados, pelos os eleitores de Parauapebas, Seus fanfarrões e surfistas partidários.

  5. Nobres vereadores, vamos preocupar com a falta de saneamento básico, Saúde, Educação, Transporte Público, segurança Pública e Iluminação, pois o nosso município esta muito mal fiscalizado por vocês, que deveriam nos representar no nosso deprimente legislativo municipal, que em alguns momentos vocês expuseram Parauapebas nas manchetes dos principais jornais do pais, com determinado vereador reclamando da sua remuneração de R$13.800,00, teria que fazerem falcatruas para sobreviver. Em 28 anos de emancipação do nosso município, esta foi uma das piores legislatura que nos tivemos, mas fiquem tranquilos que em 02 de outubro vocês serão bem lembrados, pelos os eleitores de Parauapebas, Seus fanfarrões e surfistas partidários.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!