Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Cidadania

ProPaz realiza mais de 8 mil atendimentos em cinco dias em Marabá. Ação aconteceu em três bairros.

Na quinta-feira (10), a Caravana chega a Piçarra, onde permanece três dias emitindo documentos e promovendo cidadania

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Em seu penúltimo dia na cidade, a Caravana do ProPaz realizou nesta terça-feira (8) perto de 500 atendimentos, no Ginásio da Folha 16, na Nova Marabá. O atendimento à população começou no último sábado (5) e se estendeu até domingo (6), no Bairro Laranjeiras. Ontem, segunda-feira (7), aconteceu no Bairro Morada Nova e vai até amanhã no Ginásio da 16. Depois, segue para o município de Piçarra, onde passa três dias.

Segundo Delkson Roberto, coordenador do ProPaz no Estado, a ação é promovida pelo governo do Pará, em parceria com as prefeituras, com o objetivo de levar cidadania emitindo documentos para as pessoas que não possuem. a fim de que elas possam ser beneficiadas pelos projetos sociais, como o Bolsa Família, entre outros. Além da emissão gratuita de documentos como Carteira de Identidade, Identidade Jovem, Identidade Social, CPF, Carteira de Trabalho e Registro de Nascimento, as pessoas ainda recebem atendimento médico, com aferição da pressão arterial, vacinas, testes rápidos, consulta com pediatra, consulta com clínico e atendimento jurídico, com a parceria da Defensoria  Pública e do Ministério Público.

“Estamos aqui com 28 servidores, em parceria com a Polícia Civil, Defensoria Pública, Ministério do Trabalho, Seaster (Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda) e Assistência Social da Prefeitura. É o governo do Estado abraçando Marabá e tentando melhorar um pouco a vida das pessoas”, disse Delkson. Segundo ele, a perspectiva de atendimento hoje era de 300 pessoas, mas, como a demanda aumentou, foram atendidas 470. Conforme fotos publicadas nas redes sociais, na noite de ontem, teve gente que dormiu na calçada do ginásio, em barracas, cadeiras e colchonetes.

“Amanhã finalizaremos o nosso período aqui com mais de 8 mil pessoas atendidas. Foi uma satisfação passar esses dias em Marabá, o povo daqui é muito hospitaleiro, muito acolhedor.  Infelizmente, não podemos sanar todas as demandas, mas já foi uma boa conquista para as pessoas”, afirmou o coordenador.

Para Maria do Carmo Oliveira, que estava havia um ano sem a Carteira de Identidade, “foi uma dádiva” conseguir a segunda via pelo ProPaz. “Além do agendamento já estar para 2018, é caro e eu estou desempregada, sem dinheiro. Sou muito agradecida”, disse ela. Joana Oliveira Silva, que praticamente não existia aos 38 anos de idade, agora é cidadã. Tirou, de uma só tacada, o Registro Civil, a Identidade, o CPF e a Carteira de Trabalho. “Agora sim, sou gente”, comemorou. Tanto ela quanto Do Carmo não quiseram fotos, ficaram “encabuladas”.

Deixe uma resposta