Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Quase 100% dos acidentes de trânsito são causados por motos em Jacundá

O município, segundo registros do Denatran, conta com 16.132 veículos. Destes, 11.172 (70%) são motocicletas. Na cidade também trafegam motos roubadas na região e no Estado do Maranhão
Continua depois da publicidade

Em 2018 já foram seis as motos roubadas em Buriticupu (MA) e nos municípios paraenses de Conceição do Araguaia, Goianésia do Pará e Jacundá, que transitavam pelas ruas da cidade até seus condutores serem flagrados pelas blitz. Praticamente 70% dos veículos registrados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), no município, de Jacundá são motocicletas. Elas são o meio de transporte mais econômico e mais rápido para ir e vir. Usadas para o lazer e trabalho, pelo homem do campo e da cidade, mas são campeãs em acidentes de trânsito e principal alvo das ações de fiscalização de trânsito.

Dois 16.132 veículos catalogados no Denatran, 11.172 são motos. “São os veículos mais fiscalizados na cidade”, reconhece o diretor do Departamento Municipal de Trânsito Urbano (DMTU), Eduardo Valmini. E a fiscalização intensa tem surtido efeitos positivos. O número de veículos apreendidos e os acidentes têm caído.

Nos últimos 12 meses foram recuperadas mais de 20 motos com registros de roubo ou furto. “Quando encontramos um veículo suspeito, geralmente está sem placa e seu condutor sem os documentos. Ele diz que vai busca e nunca mais volta”, explica Valmini.

Veja também:  Sargento da PM morre vítima de acidente de trânsito em Ourilândia do Norte

No pátio do departamento estão recolhidos mais de 150 veículos. “Já informamos ao nosso superior sobre a situação de cada uma. Agora estamos aguardando uma orientação sobre o que devemos fazer”.

Em relação aos acidentes de trânsito, Eduardo explica que têm diminuído. “Em junho deste ano registramos apenas 57 acidentes. Comparado ao mesmo período do ano passado significa 25% a menos”. Mais de 90% dos acidentes tem o envolvimento direto de condutores de motos e a maioria dos acidentes acontece aos finais de semana.

Por Antonio Barroso – De Jacundá

Deixe uma resposta