Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Coluna

Rapidinhas

As últimas do cotidiano da região

Tribunal do júri

Alessandro Camilo de Lima, acusado de matar a comerciária Ana Karina Guimarães no dia 10 de maio de 2010 irá sentar no banco dos réus, em Parauapebas, no dia 29 de janeiro de 2018. Presidirá o julgamento o juiz Ramiro da 2ª Vara Penal de Parauapebas. Ana Karina estava grávida 9 meses e o pai da criança era o próprio Alessandro Camilo. Segundo a acusação ele matou Ana Karina para se livrar das despesas com o enxoval e uma futura pensão alimentícia.

Zenaldo Coutinho

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB) seu vice, Orlando Reis, podem ter suas cassações confirmadas nesta quinta-feira (7) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA); A sessão de julgamento terá início às 8h30. O prefeito de Belém já foi cassado duas vezes por afronta ao princípio administrativo da impessoalidade, abuso de poder político e desvirtuamento dos recursos materiais, humanos, financeiros e da administração púbica, mas recorreu e permanece no cargo.

Encolhendo

A Vale pretende investir US$ 3,8 bilhões em 2018, uma queda de 7,3% ante os US$ 4,1 bilhões previstos para este ano, segundo documento publicado pela mineradora nesta quarta-feira, durante o seu tradicional evento anual para investidores em Nova York, o Vale Day. A empresa prevê investir ainda US$ 4 bilhões de dólares, em 2019, e US$ 4,2 bilhões, em 2020. Além disso, a companhia também informou que prevê desinvestimentos de US$ 1,5 bilhão em ativos considerados “não essenciais” entre 2018 e 2020.

Sem mais buscas

O Ministério das Relações Exteriores deu por encerrada a busca pelos brasileiros que desapareceram nas Bahamas em novembro do ano passado. A informação foi dada em audiência pública realizada na terça-feira, 5, na Câmara dos Deputados. O grupo de 19 imigrantes (entre brasileiros, dominicanos e cubanos) desapareceu quando supostamente fariam uma travessia marítima ilegal das Bahamas para os Estados Unidos. O casal, Lucirlei Cárita e Regiane Viana, de Canaã dos Carajás, está no grupo de desaparecidos.

Fazendeiro preso

O fazendeiro José Marques Ferreira, conhecido popularmente em Parauapebas por Donizete, foi preso no início da noite desta quarta-feira (07) pela delegada Yanna Azevedo, diretora da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas. Donizete é acusado de tentativa de homicídio contra Marcos Almeida. O fato delituoso aconteceu há quatro meses, quando Donizete teria disparado 2 tiros contra a vítima, mas a polícia estava encontrando dificuldades para ouvir as testemunhas. Esta não é a primeira vez que o fazendeiro responde a um processo por homicídio em Parauapebas. Em 2004 ele foi acusado de matar um senhor que teria chupado algumas laranjas de um pomar de sua propriedade rural. Ele também é acusado das mortes dos militantes do MST “Fusquinha” e “Doutor” na Fazenda Goiás II, em 1998.

Nova Ipixuna

Adão Lima de Jesus, ex vice-prefeito do município de Nova Ipixuna foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira dentro de sua residência, na Avenida Tocantins, centro do município. Adãozinho, como popularmente era conhecido estava despido e com um tiro na nuca, quando a polícia militar chegou ao local. Adão era proprietário de três fazendas em Nova Ipixuna e foi vice-prefeito pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), em 2004, na gestão de José Pereira de Almeida, o Zezão, do Partido dos Trabalhadores (PT).

TCM premia

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM-PA) procederá, na próxima segunda-feira (11/12), Dia Internacional Contra a Corrupção, a entrega do Selo Verde Gestor Transparente 2017 a 85 prefeitos e 60 presidentes de câmaras municipais, por terem cumprido 100% do TAG da Transparência 2017. Houve um avanço significativo na transparência pública municipal no Pará. Em 2016, a premiação foi entregue a 16 prefeituras e 8 câmaras municipais. A Diretoria de Planejamento e a Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Pará fazem as análises referentes à situação dos Portais da Transparência dos municípios paraenses.

Delegado Bruno

Aconteceu hoje em Canaã dos Carajás a audiência de instrução e julgamento do processo que acusa o delegado Bruno Fernandes de Lima e outros dois investigadores que trabalhavam com ele na delegacia de Polícia Civil de Canaã dos Carajás de praticar crimes de associação criminosa, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os promotores de Justiça Rui Barbosa Lamim e Emerson Costa de Oliveira assinam a denúncia. A audiência foi encerrada no início da noite e outra foi marcada para o dia 22 de janeiro de 2018, quando o restante das testemunhas arroladas deverão ser ouvidas.

Comentários ( 2 )

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!