Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

São Raimundo vence, Paysandu e São Francisco empatam e Remo perde pelo Campeonato Brasileiro

O São Raimundo de Santarém foi o único time do Pará que venceu no final de semana. O Pantera derrotou o Gurupi-TO, por 2 a 0, no estádio Barbalhão

Por Fábio Relvas

Confira como foram as participações das equipes paraenses no Campeonato Brasileiro.

O primeiro a entrar em campo neste final de semana foi o Paysandu Sport Club. O Papão encarou o Paraná na noite de sexta-feira (19/05), no estádio Durival de Britto, a chamada Vila Capanema, em Curitiba. As duas equipes não saíram do empate sem gols em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Apesar do placar em branco, a partida foi bastante movimentada com chances para os dois times, principalmente no segundo tempo. A primeira etapa foi morna, com o time paranista tentando envolver os bicolores, que conseguiram parar o adversário com uma forte marcação. Leandro Vilela tentou marcar de cabeça para os donos da casa, mas o toque saiu descalibrado para fora. O Paysandu respondeu na mesma moeda, depois de uma cobrança de falta, o zagueiro Perema testou firme, mas mandou pela linha de fundo. A melhor chance foi do Paraná com Daniel Morais, que se livrou da marcação e chutou firme, o goleiro Marcão espalmou bonito para escanteio.

No segundo tempo o jogo foi lá e cá. O time paraense teve tudo para marcar com atacante Wellington Junior, que recebeu belo passe e tentou por cobertura, a bola passou pelo goleiro Léo, mas a zaga afastou o perigo. Em outra tentativa do Papão, após um escanteio, o volante Wesley subiu no terceiro andar e testou forte, Léo espalmou de mão trocada. Nos últimos minutos o Paraná quase chegou ao gol da vitória. Primeiro com Leandro Vilela que chutou para a boa defesa de Marcão. No lance seguinte, Robson arriscou e a bola raspou a trave bicolor. A torcida do Paraná acreditava até o fim. No último lance de perigo, Felipe Alves cruzou da direita, a bola passou atravessada na área do Paysandu e Daniel Moraes chegou atrasado na tentativa de marcar de carrinho. Final: Paraná 0 x 0 Paysandu.

O Resultado deixou o Paraná em terceiro lugar com cinco pontos, enquanto que o Paysandu saiu do G4 e ficou na quinta posição com quatro pontos. O Papão volta a campo contra o Internacional no próximo sábado (27/05), às 16h30, no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém.

A segunda equipe do Pará que entrou em campo foi o Clube do Remo. O Leão Azul enfrentou o Asa em Arapiraca, interior alagoano, na tarde deste sábado (20/05), no estádio Coaracy da Mata Fonseca. A partida foi válida pela segunda rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

O jogo foi equilibrado, o Remo foi melhor no primeiro tempo, enquanto que o Asa dominou as ações no segundo. No inicio da partida os donos da casa tentaram surpreender os azulinos com chutes de longa distância e em um deles, o lateral Léo Campos recebeu e mandou forte, a bola passou por cima da meta do goleiro Vinícius. A partir daí, o Leão Azul começou a mandar no jogo, apesar de ser visitante, foi para cima do adversário. O atacante Nino Guerreiro roubou a bola da defesa, que sobrou para João Paulo, o jogador remista soltou o pé e o goleiro Carlão salvou o alvinegro. Em outra boa chegada do Remo, Nino Guerreiro fez pivô para a chegada de Mikael, que mandou um chute venenoso e a bola passou raspando a trave. O sempre perigoso atacante Edgar aproveitou um vacilo da zaga e chutou forte, o goleiro Carlão deu rebote e a defesa despachou o perigo.

No segundo tempo, o Asa do técnico Maurílio, ex-jogador do Clube do Remo, campeão da Série C em 2005, começou a se impor no gramado. Aos 13 minutos, Everton cruzou da direita, Leandro Kível cabeceou para a grande defesa de Vinícius que deu rebote, Jean Carlos chutou, o goleiro do Leão defendeu novamente, mas a bola sobrou limpa para o atacante Leandro Kível empurrar para o gol, 1 a 0 Asa. O Remo sentiu o gol e se perdeu dentro das quatro linhas. As alterações feitas pelo técnico Josué Teixeira não surtiram efeito e o Fantasma, como é conhecido o Asa, mandou na etapa derradeira. Em uma boa triangulação dentro da defesa remista, Doda ficou livre para marcar o segundo gol, mas demorou a finalizar e o goleiro Vinícius arrancou em seus pés para fica com a bola. Na última chance do jogo, Airton arrancou bem e mandou um chute rasteiro, a bola passou muito perto da trave azulina. Final: Asa 1 x 0 Remo.

Com o resultado positivo, o Asa somou seus três primeiros pontos na competição e está em sétimo lugar do Grupo A da Série C, enquanto que o Clube do Remo conheceu sua primeira derrota e segue no G4 com três pontos em quarto lugar. O Leão Azul paraense volta a campo diante do Cuiabá-MT, no próximo domingo (28/05), às 19h, no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém.

Já pelo Campeonato Brasileiro da Série D, a dupla de Santarém, São Raimundo e São Francisco, fizeram suas estreias neste domingo (21/05). O Pantera entrou em campo primeiro pelo Grupo A2 diante do Gurupi-TO, no estádio Colosso do Tapajós, o Barbalhão, em Santarém. O time paraense venceu, por 2 a 0, e assumiu a liderança do seu grupo com três pontos.

O São Raimundo começou o jogo melhor, com o atacante Tiago perdendo a primeira chance, depois de receber passe chutou forte, a bola explodiu na trave. Só que aos 39 minutos da primeira etapa, Valdanes deu passe açucarado para Tiago, desta vez ele não perdoou e abriu o placar, 1 a 0 São Raimundo. No lance seguinte, Tiago quase ampliou quando chutou e o goleiro defendeu.

No segundo tempo, o Pantera seguiu pressionando o Gurupi, o chamado Camaleão do Tocantins. Wendel recebeu bom passe e finalizou, quase ampliando o marcador. O São Raimundo chegou ao segundo, quando Dedeco lançou, o goleiro Welder defendeu e a bola sobrou limpa para Anderson que completou e correu para o abraço, mas o árbitro assinalou impedimento. Em seguida, não teve jeito. Dedeco recebeu passe em condição legal e estufou o barbante, 2 a 0, aos 32 minutos. Placar final: São Raimundo 2 x 0 Gurupi.

O São Raimundo volta a campo contra o Fast Clube-AM no próximo domingo (28/05), às 17h, no estádio Arena da Amazônia, em Manaus.

O São Francisco atuou fora de casa diante do Genus-RO, no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, Rondônia. Apesar de atuar longe de seus domínios, foi o Leão santareno que partiu para cima. Eric Di Maria cobrou falta logo no inicio do jogo e acertou a trave do Genus. O time da casa respondeu com Luciano Mourão, que ficou de frente e mandou um chute forte, o goleiro Labilá atento defendeu bem.  a etapa derradeira, a torcida do Genus acordou e o time começou a atacar. Em um lance crucial, Gabriel ficou de cara para marcar e finalizou forte, o goleiro Labilá realizou um milagre salvando o time paraense. Mas quem marcou mesmo, foi o São Francisco. Eric Di Maria, que tem nome de craque argentino, levantou na área para Charles, que recebeu e marcou, 1 a 0, aos 15 minutos.

O Genus era insistente e quase igualou o placar, depois que Geovane deixou Eduardo Rato na frente do crime para marcar, o jogador chutou e a bola passou raspando a trave do São Francisco. Aos 39 minutos, a bola foi alçada na área e Israel cabeceou firme para deixar tudo igual, 1 a 1, para a festa da torcida do Genus que estremeceu a arquibancada do estádio Aluizão. No lance seguinte, Israel teve tudo para virar o jogo, mas acertou a trave. Placar final: Genus 1 x 1 São Francisco. Com o resultado, Genus e São Francisco somaram um ponto no Grupo A3 da Série D. Ambos estão na segunda colocação. O próximo desafio da Leão santareno será diante do Rio Branco-AC, no próximo domingo (28/05), às 18h, no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém.

Deixe uma resposta