Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Educação

Seduc irá descontar pagamento de professores grevistas de Parauapebas

Seduc diz que já atendeu 19 das 20 reivindicações da categoria, envolvendo infraestrutura escolar, remuneração dos professores e questões pedagógicas - alegação que é desmentida pelo Sintepp.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) anunciou nesta sexta-feira (7) que vai descontar dias em greve do salário de professores da rede estadual em Parauapebas, no sudeste do Pará. A greve começou no dia 28 de março. O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), professor Rosemiro Laredo, alegou que nenhum dos 20 itens da pauta de reivindicações foi atendido. Uma nota, divulgada pela Seduc nesta sexta (7), informa que um requerimento para o retorno das aulas foi protocolado junto ao Ministério Público do município.

A coordenadoria do Sintepp aponta desvios na merenda escolar, o não pagamento do piso salarial e a condição das escolas, sendo três delas com laudo de precariedade. O sindicato alega, também, que algumas escolas tinham aula somente até o intervalo, com turmas superlotadas. Os manifestantes ainda garantem que não estão impedindo os alunos e funcionários de entrarem nas unidades.

Ainda de acordo com o Sintepp, uma proposta de reposição das aulas deve ser apresentada para o Governo do Estado, quando a greve for encerrada.

De acordo com a Seduc, os manifestantes estariam impedindo o acesso às escolas. Em nota, a secretaria informou que mais da metade dos professores não concordam com a atitude.

A secretária Ana Claudia Hage afirmou que “respeita o movimento grevista e entende como legítimas a grande maioria das reivindicações, mas vê com desapontamento a coação praticada contra alunos e professores não grevistas”.

Em nota, a Seduc informou que já atendeu 19 das 20 reivindicações da categoria, envolvendo infraestrutura escolar, remuneração dos professores e questões pedagógicas – alegação que é desmentida pelo Sintepp.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!