Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Turismo

Segmento turístico de Parauapebas deverá receber mais atenção do Executivo

Departamento de Turismo, vinculado atualmente à Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden), passará a ser responsabilidade do Gabinete do Executivo.

Durante a sessão legislativa desta terça-feira (9), os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei 5/2017 enviado pelo Executivo que possibilitará a transferência do Departamento de Turismo, vinculado atualmente à Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden), para o Gabinete do Executivo.

De acordo com o Projeto de Lei, “tal departamento necessita imensamente de atenção especial a fim de buscar um crescimento satisfatório que, indubitavelmente, refletirá positivamente na economia do Município. Vale mencionar que há neste município potencial turístico praticamente inexplorado, resultando em prejuízos aos cofres públicos, bem como para todo o setor comercial da região e, consequentemente, à população. Além disso, a falta de política na seara turística impede oportunidades de renda às famílias mais carentes”.

Entramos em contato com o titular da Seden, Isaías de Queiroz, porém, ele disse que falaria sobre o assunto em outro momento. Apesar da unanimidade na votação, alguns vereadores questionaram a mudança. “O correto é este setor ficar na secretaria de desenvolvimento”, disse o vereador Braz. “Eu acredito que haverá um acúmulo de funções para o Gabinete, mas é o Executivo quem resolve essa questão”, acrescentou Marcelo Parceirinho.

“O gabinete tem uma gestão política e financeira mais ampla. Neste contexto, acreditamos que dessa forma poderemos cobrar mais efetividade dos investimentos do governo em turismo”, afirmou Zacarias de Assunção. Na sessão anterior a vereadora Joelma Leite fez uma explanação sobre o potencial turístico de Parauapebas, exibindo inclusive um vídeo do ICMbio para demonstrar melhor as possibilidades de desenvolvimento do ecoturismo.

“O ideal seria termos uma secretaria de turismo, até mesmo para alcançarmos recursos federais. Porém, em função da atual estrutura administrativa, é inviável. Mostrei, na semana passada, esse potencial turístico de Parauapebas. Precisamos criar um condutor para que esse segmento seja estruturado e o turismo possa vir a ser uma política prioritária do governo”, destacou Joelma Leite.

Além dos demais projetos e indicações apresentados durante a sessão, e das felicitações ao aniversário de Parauapebas, mais uma vez um grupo de pessoas se manifestou cobrando posicionamento da Comissão de Ética da Câmara com relação à apuração de denúncias contra a vereadora Francisca Ciza. O presidente da comissão, Horácio Martins, reforçou que as investigações já iniciaram e que a vereadora está dentro do prazo para fazer sua defesa.

Foto: Anderson Souza/Ascom – PMP

Deixe uma resposta