Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Série B

Série B: Paysandu 2 x 0 Oeste – Falta de luz, polêmicas e festa do Papão! Confira os melhores momentos.

Em jogo marcado por falta de luz e lances polêmicos, o Paysandu estreou com vitória no Campeonato Brasileiro da Série B no estádio da Curuzu, em Belém.

Com a importante vitória, o Paysandu larga na frente na corrida pelo acesso na competição. Fica empatado com o Guarani na segunda posição, com três pontos. Está atrás apenas do Internacional, que leva vantagem no saldo de gols: 3 a 2. Já os paulistas iniciam na zona de rebaixamento.

ESCURIDÃO TOTAL!
A partida começou em um ritmo de fim de festa. Os dois times encontraram enormes dificuldades para encaixar seus jogos e a partida teve pouca emoção no início. A primeira boa chance saiu apenas aos 22 minutos. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro Guilherme Garutti salvou uma bola que tinha o atacante Marcão do Paysandu.

Depois disso, o único destaque foi a queda de energia de uma das torres de iluminação da Curuzu. Fato que obrigou o árbitro mineiro Cleisson Veloso Pereira a paralisar o jogo aos 34 minutos do primeiro tempo. A partida só foi retomada 24 minutos depois.

Quando a bola rolou, o panorama do jogo não se alterou. A partida continuou sem grandes emoções e poucas jogadas de qualidade. Em uma das raras jogadas, aos 44 minutos, o atacante Wellinton Júnior saiu na cara do gol e poderia marcar para o Papão. O lance foi anulado por impedimento.

INÍCIO EMPOLGANTE
Se o primeiro tempo deu sono, o segundo já começou com uma grande polêmica logo aos três minutos. O atacante Robert foi lançado nas costas da defesa, invadiu a área e bateu na saída do goleiro. A arbitragem, entretanto, assinalou impedimento polêmico.

Ironicamente, o empate aconteceu três minutos depois. Após uma bola afastada da área do Oeste, o meia Fernando Gabriel emendou de primeira. A bola desviou o zagueiro Garutti e matou qualquer chance do goleiro Rodolfo defender.

Depois do início empolgante, o jogo voltou a cair no segundo tempo. Conforme o tempo passou, o Bicolor pareceu satisfeito com o resultado. O Rubrão, por sua vez, não mostrou força. A melhor chance aconteceu aos 22 minutos, quando o atacante Mazinho arriscou de fora da área e o goleiro Emerson salvou.

POLÊMICAS
Depois de anular o gol de Robert, de forma polêmica, a arbitragem voltou a revoltar a delegação rubro-negra aos 41 minutos. O atacante Alexandro recebeu na área para marcar o gol de empate, mas o lance foi anulado. Desta vez, o impedimento foi mais claro.

Assim como no primeiro gol, o segundo saiu logo após o tento anulado do Oeste. Aos 42 minutos, o atacante Bérgson invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Rodolfo. Nova reclamação dos visitantes. Na cobrança, no mesmo minuto, o próprio Bérgson esbanjou categoria para deslocar o arqueiro.

Ficha Técnica

Paysandu-PA – Emerson;  Hayner, Fernando Lombardi, Pablo e Peri; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Jhonnatan (Begson) e Fernando Gabriel (Diogo Oliveira); Wellinton Júnior (Rodrigo Andrade) e Marcão. Técnico: Marcelo Chamusca

Oeste-SP – Rodolfo;  Daniel Borges, Luis Gustavo, Guilherme Garutti e Joilson;  Fernando Aguiar (Alexandro), Willian Cordeiro, Lídio (Betinho) e Mazinho; Julio Cesar (Tatuí) e Robert. Técnico: Roberto Cavalo

 Árbitro – Cleisson Veloso Pereira – MG –  Assistentes Marcus Vinicius Gomes – MG e Ricardo Junio de Souza – MG
 Renda – R$ 57.610,00

Público – 1.434 pagantes (5.492 total)
Cartões Amarelos

Paysandu-PA: Hayner, Augusto Recife, Welinton Junior, Fernando Lombardi
Oeste-SP: Rodolfo
PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima sexta-feira, às 19h15, o Paysandu volta a campo para enfrentar o Paraná, no estádio Durival de Britto, em Curitiba. Enquanto isso, o Oeste recebe o Criciúma, no sábado, às 16h30, na Arena Barueri.

Fonte: Futebol do Interior

Deixe uma resposta