Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Servidores em estado de greve protestam na Câmara Municipal de Marabá

Por Ulisses Pompeu –  de Marabá 

Na manha desta terça-feira, 13, cerca de 500 servidores de várias secretarias do município de Marabá entram nas dependências da Câmara Municipal de Marabá e impediram a realização da sessão, prevista para iniciar às 9h40. Eles protestam contra o atraso permanente de pagamento de salários e ainda o reajuste dos vencimentos dos vereadores da ordem de 25%, recentemente aprovado (e com validade a partir de 1º de janeiro de 2017) e ainda o aumento do IPTU anunciado pela Prefeitura, em até 670%.

Os servidores, coordenados pelos sindicatos da Saúde e Educação, reclamam que não há previsão para pagamento de seus salários e querem que os vereadores forcem o Executivo a cumprir sua parte.

A professora Rosa Cunha Sá, 42, disse que está há vários dias sem realizar compra de produtos alimentícios para sua casa, onde moram também outras cinco pessoas, entre as quais três crianças menores de 16 anos. “Perdemos o prazer de trabalhar. Sou concursada, mas a gente nunca mais soube o que é receber em dia. Essa gestão foi desastrosa para a cidade e também para o servidores”, reclama a educadora.

O estado de greve dos educadores foi deflagrado nesta segunda-feira, dia 12, em assembleia geral. A Prefeitura tem, atualmente, mais de 10.000 servidores, mas até hoje, dia 13, nenhum deles recebeu seus salários. Horas extras estão sem pagamento, assim como plantões em hospitais e

A Reportagem do blog entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, mas esta informou que ainda não há um posicionamento oficial do governo sobre o movimento grevista.

Comentários ( 3 )

  1. DEZ MIL SERVIDORES!!! CARAMBA!!! É MUITA GENTE!!! NÃO VAI PAGAR É NUNCA ESSE TANTÃO DE GENTE!! MAS TÁ PARECIDO COM O FIM DE GOVERNO DO MAURINO!! PODIA DEMITIR OS COMISSIONADOS E OS TEMPOR´RIOS, MAS NUNCA FEZ ISSO, NEM A DIMINUIÇÃO DAS SECRETARIAS, NA VERDADE APENAS ENSAIAVA, MAS O LOBBY CAMERAL NUNCA DEIXOU, AGORA RESTA APENAS CHORAR O LEITE DERRAMADO.

  2. Ô irmão,quanto tempo!!!Igual o governo do Maurino aí cê pegou pesado,coitado do Maurino!o que vemos hoje,é muito pior que o final da gestão anterior(veja que ebsurdo).
    Esse dinheiro saiu por algum “ralo lateral”da corrupção,campanha para eleger o irmão,obras de escolas super faturadas e seus aditivos,a calhordice desse asfalto mal feito …etc…etc…
    Se não tivéssemos os professores temporários e contratados,não teríamos tido um dia sequer de aula do ano letivo.

Deixe uma resposta