Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Política

Sexta-feira será tensa na política de Jacundá

Vereadores foram convocados para sessão extraordinária cuja pauta será julgar o relatório final da CPI que afastou o prefeito José Martins.

Por Antonio Barroso – correspondente em Jacundá

Em sessão extraordinária, os vereadores do município de Jacundá foram convocados para “julgar o parecer final da Comissão Processante que investiga denúncia de infração político-administrativa, em desfavor do senhor José Martins de Melo Filho, prefeito afastado”. O documento foi assinado às 9h20 desta quinta-feira pelo presidente da Câmara de Vereadores, Lindomar Marinho.

A sessão está marcada para acontecer a partir de 11h de amanhã no Plenário Dr. Ulisses Guimarães. “Para garantir a segurança, haja vista que é uma sessão polêmica, já solicitamos apoio da Polícia Militar”, disse Lindomar. São aguardados grupos pró e contra a cassação do prefeito.

Os trabalhos dessa comissão tiveram início no mês de julho, quando a denúncia chegou à Câmara Municipal. Em seguida o prefeito Zé Martins foi afastado do cargo, e dias depois retornou por decisão do juízo local. A Câmara recorreu e o Tribunal de Justiça do Estado do Pará acatou o afastamento.

Uma fonte ligada ao processo garantiu a existência de uma manobra para adiar a votação ou ampliar o prazo de conclusão do parecer em decorrência de o atual momento político ser favorável ao prefeito afastado Zé Martins, que teria maioria na Câmara. No relatório a ser lido amanhã, a relatora argumenta que necessita de mais prazo para concluir o processo. No entanto, a maioria dos vereadores é contrária a essa manobras e pretendem encerrar a celeuma amanhã.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!