Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Simineral completa 10 anos de atuação e lança edição especial do Anuário Mineral

O lançamento oficial será em março de 2017, com vários eventos ao longo do ano. 

No dia 15 de setembro, o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) fará o pré-lançamento do tema da sexta edição do Anuário Mineral do Pará, no Restô do Parque da Residência, às 19h30. Durante o evento será divulgada a capa da edição 2017, que homenageará os 10 anos de atuação do sindicato no setor mineral. Além de trazer dados atualizados dos números expressivos da produção, exportação, investimentos, geração de empregos e benefícios para a comunidade, esta edição traz depoimentos de várias empresas e personalidades parceiros do sindicato nesta jornada, além de contar um pouco dessa história e da importância do sindicato para o desenvolvimento e conhecimento do setor na região.

A comemoração também vai contar com várias ações ao longo de 2017, como passeio ciclístico, exposição, participação na feira do livro, ações de relacionamento durante o Círio, entre outras. O Anuário oficial será divulgado em março de 2017, em uma grande festa.

Uma história que começou há 10 anos, no dia 15 de janeiro de 2007, quando surgiu o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará, o Simineral, com o objetivo de buscar soluções para desafios em comum, funcionando como um espaço de articulação para o desenvolvimento da atividade mineral. “O sindicato se consolidou nesses 10 anos, participando de forma ativa para a difusão e crescimento do setor mineral paraense. Hoje a história da mineração no Pará está ligada à história do Simineral”, enfatiza o presidente do sindicato, José Fernando Gomes Júnior, que já preside o sindicato há cinco anos.

O sindicato foi constituído por iniciativa das empresas ALCOA, CADAM, Imerys RCC, Mineração Rio do Norte (MRN) e Vale, e hoje já possui outras associadas, como Avanco Resources Limited, B&A Mineração, Belo Sun Mineração, Brazauro Recursos Minerais S/A, ESCO, Hydro, Mineração Buritirama S/A, Palmyra Recursos Naturais e Votorantim. “Hoje, o sindicato é um case de sucesso para o Brasil”, afirma o presidente José Fernando Gomes Júnior.

Conquistas – Nesses quase 10 anos, várias conquistas fortaleceram a importância da atividade do Sindicato, como a instituição do dia 14 de março como o dia Estadual da Mineração no Pará; Comenda de Mérito Minerador Honorário e do Título Honorífico Minerador Destaque; Concurso de Redação da Mineração e Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo.

Além disso, o Simineral foi o principal interlocutor para criação da Frente Parlamentar de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Mineração no Estado do Pará. A Frente foi instituída com o propósito de discutir diretrizes que contribuam para promover uma mineração mais sustentável na região, criar redes de fornecedores nos empreendimentos locais, sugerir alternativas econômicas após o encerramento das atividades minerais e, acima de tudo, incentivar a verticalização da produção no estado, já que o Pará é um dos principais produtores de minério do Brasil.

Numa iniciativa pioneira no Brasil, o sindicato inaugurou no dia 30 de agosto de 2012, em Belém, a Casa da Mineração. O espaço funciona como ponto de encontro do setor mineral paraense para discussões com as esferas públicas e privadas e sociedade civil. A ideia é aproximar o setor produtivo mineral, cada vez mais, da população. No local, estão sediados o Simineral e o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM). “Hoje temos mais de 30 convênios assinados, que vão desde cursos em universidades a serviços de lavanderia, beneficiando diretamente as empresas e os seus colaboradores. Junto com a Fiepa, tornamos realidade o Centro de Mineração no Pará, que em breve inaugura a sede no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Pará (UFPA). O objetivo é formar e capacitar novos profissionais para o setor”, conclui.

Seja o primeiro a escrever um comentário

Deixe uma resposta