Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
premiação

Sindicato do Comércio de Marabá prepara o 23º Baile do Empresário

Presidente do Sindicom diz que, mais que uma festa, o evento vem sendo um estímulo para que o empresário do comércio melhore ano a ano seu empreendimento

Por Eleutério Gomes – de Marabá 

O Sindicom (Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Marabá) já começou os preparativos para o 23º Baile do Empresário, que este ano acontece em 23 de novembro. Mais que uma festa de confraternização e de reconhecimento, a premiação que ocorre durante o evento, na opinião do diretor-técnico da entidade, Raimundo Gomes Neto, é um estímulo para que o comerciante local possa investir mais na sua empresa, modernizando suas instalações, ampliando seu leque de opções ao consumidor e melhorando seu atendimento.

“Acreditamos que, em função do baile, ao longo desses 23 anos, muitos comércios melhoraram suas instalações e seu atendimento. Hoje Marabá não perde para nenhuma capital em matéria de lojas, se tratando de instalações e conforto”, avalia Neto.

Durante o Baile do Empresário é outorgado o título de Empresário do Ano à pessoa que se destacou empreendendo em Marabá e que também tem uma visão focada no futuro e acredita na cidade, conforme define Raimundo Neto.

Além do Empresário do Ano, são agraciadas com a medalha Amigo do Comércio aquelas pessoas que ajudam o comerciante no dia a dia, nas suas repartições, com bom atendimento; já as empresas mais votadas recebem o título de Destaque Empresarial, cada uma no seu segmento.

De parte da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marabá) é concedida a Medalha João Rocha, uma condecoração conferida a pessoas que, na visão da entidade, se destacaram em suas atividades.

“O Sindicom também abriu espaço na festa para que o Conjove (Conselho de Jovens Empresários) pudesse valorizar, reconhecer e premiar o Jovem Empreendedor, entre os que estão na labuta do dia a dia”, conta o diretor-técnico do sindicato.

A escolha

No caso do Empresário do Ano, Sindicom, Acim, Conjove e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) apontam os nomes que vão compor uma lista tríplice. Cada empresário escolhido é contatado e, caso concorde, terá o nome colocado em votação e o vencedor será escolhido pelos empresários do comércio de Marabá. As empresas que concorrem ao Destaque são escolhidas em votação pela Internet, onde o público é que aponta as melhores. As mais votadas recebem a distinção.

Recuperação

Indagado se o comércio local tem sentido os efeitos da propagada recuperação da economia, Neto diz que, “embora muito lentamente”, esses reflexos começam a surgir no comércio de Marabá. “Já ouvimos menos reclamações, o comerciante está um pouco mais confiante e, mesmo em meio a essa turbulência, aumentou o número de empregos”, destaca ele.

Raimundo Neto afirma, ainda, que, em razão dessas mudanças positivas, a “rede de lojas aluga-se e vende-se” está encolhendo: “Pontos que estavam fechados porque as pessoas não puderam mais pagar o aluguel, faliram, mudaram ou foram embora, hoje estão sendo reabertos por outras pessoas. A economia está melhorado com a estabilidade política e financeira no município”, afirma ele, prevendo: “E vai melhorar ainda mais. Estamos apostando nisso”.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!