Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Sine Parauapebas prevê poucas contratações temporárias para o final do ano

Geralmente nessa época do ano, as empresas do comércio já começam a realizar seleção para contratação temporária, se preparando dessa forma para o aumento do movimento e das vendas decorrentes do período natalino, mas, a retração econômica está tão forte que muitas empresas além de não contratar pessoal ainda pretendem demitir, é o que afirma o coordenador do Sine Parauapebas, após realizar visitas em diversos estabelecimentos comerciais na cidade.

Coordenador do Sine Parauapebas em visita às empresas

“Visitamos empresas nas ruas E, F, 14, do Comércio e lojas no Shopping, e infelizmente as perspectivas para geração de emprego não são boas, e isso ocorre desde as empresas de grande porte, como as lojas de departamento, como também com as pequenas, alguns empresários nos informaram que se as coisas continuarem como estão, terão que demitir, em vez de contratar”, informa Batista Everton , coordenador do Sine.

E a procura por emprego só aumenta. De acordo com Rafael Cardoso de Oliveira, administrador em Parauapebas da rede de Lojas Maranata, a procura por vagas de emprego é diária. “Nós temos pelo menos 500 currículos cadastrados em nosso banco de dados e praticamente todos os dias a gente recebe de cinco a seis pessoas em média procurando por emprego”, disse o administrador.

Promoções de final de ano no comércio

“Se o ritmo de vendas continuar do jeito que esta, infelizmente não teremos como contratar pessoal temporário, mas estamos trabalhando para realizar promoções e ações de incentivo às vendas e, se alcançarmos o resultado que esperamos, acredito que precisaremos sim contratar mais pessoas, porém, vamos deixar para última hora, final de novembro ou início de dezembro”, disse Rafael Cardoso de Oliveira.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Parauapebas, Marksan Silva, está programado para o dia 25 de novembro o Black Friday, uma ação que deve movimentar o comércio local. Esse aquecimento pode gerar alguns postos de trabalho, pois eventos e promoções atraem mais clientes e geralmente implicam na necessidade de contratação de mão de obra.

Deixe uma resposta