Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esporte

Time de atletas surdos de Parauapebas volta às atividades

Os surdos precisam ser unidos e o esporte é um meio para isso”, destacou Everton Carpegiane Negreiros Oliveira, da equipe de Parauapebas.
Continua depois da publicidade

Os atletas que participam do time da Associação de Surdos de Parauapebas (ASURP) retomaram as atividades esportivas e participaram da IV Copa da Futsal de Surdos, realizada nos dias 12 e 13 de maio, em Belém. O evento teve como principal objetivo a inclusão social por meio do esporte, dando oportunidade de todos participarem de atividades esportivas, independentemente de suas limitações.

“Fico muito feliz em ver o time reviver das cinzas. Esse foi o primeiro desafio. Agora é treinar para novos torneios que vamos participar. Agradecemos especialmente a Cocavump e ao Jorge Guerreiro, que apoiam o time de surdos da ASURP”, destacou o capitão do time, Edvaldo Ribeiro de Oliveira.

A ASURP tem uma história de 11 anos em Parauapebas. Além de atuar no desenvolvimento de atividades esportivas para seus associados, a entidade promove ações sociais e luta constantemente pela criação e garantia dos direitos dos surdos de Parauapebas, cidade que conta com mais de 400 pessoas com deficiência auditiva, conforme a associação.

IV Copa de Futsal de Surdos

O campeonato que foi realizado no ginásio do Clube Cassazum e contou com a participação de 150 atletas com deficiência auditiva. Foi promovido pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel). Onze equipes participaram do torneio, cada uma com 14 jogadores. Destas, sete são da capital paraense, três do interior do Estado e uma de Manaus (AM).

Veja também:  MP dá ultimato para empresa de ônibus providenciar acessibilidade em ônibus

A Copa de Futsal para Surdos integra o Programa de Esportes sem Barreiras desenvolvido pela Secretaria desde 2013. O objetivo é proporcionar a inclusão por meio do esporte.

A primeira colocação ficou com o time de Mãe do Rio, que percorreu cerca de 200 quilômetros para participar da Copa. “Estou muito feliz pelo título, pois viemos de longe para competir e sabemos que aqui todas as equipes são muito bem preparadas”, disse o capitão do time, Nerisvam Oliveira, ao receber o troféu.

Também foram premiados o artilheiro da competição, Maldson Souza, com oito gols; e o goleiro menos vazado, Jaerson Andrade. Ambos são do time de Mãe do Rio. Todos receberam os aplausos das torcidas que lotaram as arquibancadas. O time de Parauapebas não alcançou a classificação, mesmo assim a participação no evento foi muito importante para os atletas pois marcou a retomada das atividades.

“Muito feliz em representar Parauapebas na Copa Paraense de Futsal de Surdos. Nós, da ASURP, já ganhamos esse torneio no passado, mas por falta de apoio o time parou. Agora começamos a treinar novamente e fomos ao primeiro desafio. Não ganhamos mas foi muito bom ver times de surdos de várias cidades e fazer novas amizades. Os surdos precisam ser unidos e o esporte é um meio para isso”, destacou Everton Carpegiane Negreiros Oliveira.

Deixe uma resposta