Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

TJPA e Vale assinam cooperação para construção de anexo no prédio do Fórum em Parauapebas

O desembargador presidente Ricardo Ferreira Nunes considerou importante a parceria entre a Vele e o Poder Judiciária para expandir o atendimento jurisdicional.

A construção de uma edificação de dois pavimentos anexa ao Fórum da Comarca de Parauapebas, no sudeste do Pará, foi o objeto do Termo de Cooperação Técnica assinado entre a empresa Vale S/A e o Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), na manhã desta sexta-feira, 31 no edifício sede do Poder Judiciário do Pará.

O documento foi assinado pelo presidente do TJPA, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, e o gerente jurídico Norte-Nordeste, Márcio Maia. O novo prédio deverá abrigar quatro novas Varas, que integram o plano de expansão do Judiciário nas Comarcas do Interior do Estado, conforme o Plano de Gestão do biênio 2017-2019.

O desembargador presidente Ricardo Ferreira Nunes considerou importante a parceria entre a Vele e o Poder Judiciária para expandir o atendimento jurisdicional. “Essas parcerias já vem sendo renovadas há algum tempo. No ano passado, inauguramos o Fórum de Canaã dos Carajás, um fórum de referência quase todo custeado pela Vale”, disse o magistrado.

Gerente jurídico Norte-Nordeste da Vale, Márcio Medeiros destacou que a parceria coaduna com a política de responsabilidade social da Vale, em especial nos locais onde atua. “A Vale entende que onde atua contribui para ao alavancamento da sociedade, para a melhoria dos serviços. A parceria com o TJPA é bastante antiga e, agora, apoiando a expansão do Fórum de Parauapebas, no sentido de viabilizar cada vez o acesso ao Judiciário e também, por consequência, o Estado Democrático de Direito, que está na nossa Constituição (Federal). Sentimos que é uma obra importante para a comunidade de Parauapebas”, afirmou Medeiros.

Para o presidente do TJPA, a população será beneficiada com a obra. “Teremos um local melhor para receber o jurisdicionado e para abrigar juízes e servidores e a Vale está fazendo a diferença com essa visão e responsabilidade social”, disse o desembargador Ricardo Ferreira Nunes.

O prazo de execução da construção é de 18 meses.

Fonte: TJPA

Deixe uma resposta