Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Vacinas básicas estão em falta nas Unidades de Saúde de Canaã

Apenas vacinas contra a gripe estão disponíveis em razão da campanha de vacinação
Continua depois da publicidade

Há mais de vinte dias, dona Maria de Jesus tem procurado as Unidades Básicas de Saúde de Canaã dos Carajás em busca da vacina contra a Hepatite B. Mas esse problema não tem sido exclusividade de um único posto na cidade. A dona de casa conta que já esteve em diversas unidades em busca de imunização, mas a resposta tem sido sempre a mesma: “toda vez que eu vou tentar me vacinar, eles falam que estão sem estoque, que só tem pra gripe, e me dizem para voltar na próxima semana, mas quando volto, a vacina ainda não chegou. Ontem mesmo (25), eu fui tentar novamente, fiquei mais uma hora esperando e no final voltei pra casa com a caderneta vazia”, desabafou.

Além das vacinas contra as Hepatites A e B, outras suplementações como: tríplice bacteriana (Difteria, tétano e coqueluche), tríplice viral (caxumba, sarampo e rubéola), varicela (Catapora), HPV, Doença Meningocócica, Febre Amarela, Pneumonia, dentre outras também básicas, estão indisponíveis nos seis postos de saúde da rede pública municipal.

De acordo com Douglas Pacheco, do Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Canaã, novos lotes de vacina de rotina já se encontram a caminho do município e a previsão é que os postos sejam abastecidos ainda esta semana.

Veja também:  A longa e espinhosa espera por uma cirurgia em Redenção

No momento, apenas a vacina contra o vírus influenza está disponível para crianças com idades entre 0 e 4 anos, gestantes e idosos, em razão da Campanha Nacional de vacinação que reforçou o estoque.

Sobre o motivo da falta de estoques, Douglas alegou ainda que o município depende do repasse feito pelo Ministério da Saúde e que a Secretaria de Saúde tem seguido o cronograma para a retirada do material em Marabá. “Vacina não depende do município, mas do Ministério da Saúde e do Estado. Canaã dos Carajás não tinha vacina de rotina fornecida pelo MS, só chegou na semana passada. No entanto, precisamos seguir o cronograma para buscar os lotes, sendo que cada município tem seu dia para a retirada, para que assim não sobrecarregue a Regional de Saúde em Marabá”, disse.

Douglas não especificou quais vacinas estarão disponíveis à população, mas disse acreditar que foi um pouco de cada uma das suplementações que integram o Calendário Nacional de Vacinação de crianças e adultos. “Amanhã mesmo (quarta-feira) já começo a distribuir nas unidades”, garantiu.

Deixe uma resposta