Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Vale anuncia recapeamento, medidas de segurança e iluminação da ponte rodoferroviária do Rio Tocantins

Após 32 anos de construída, as estruturas da ponte ainda estão em perfeito estado, segundo estudo especializado

Por Eleutério Gomes – de Marabá

A mineradora Vale reuniu a Imprensa de Marabá, na tarde desta quarta-feira (17), para anunciar que na próxima segunda-feira (22) inicia o asfaltamento dos 2.310 metros da ponte rodoferroviária do Rio Tocantins, que liga o núcleo urbano ao Complexo São Félix. Na ocasião, o gerente-executivo de Relacionamento com a Comunidade, João Coral, e o engenheiro Saulo Souza, este responsável pela obra, anunciaram que o vão entre as partes rodoviária e ferroviária será fechado e também deram uma notícia aguardada pela população marabaense desde que a obra foi inaugurada, há 32 anos: até o fim deste ano a ponte estará toda iluminada com lâmpadas de led.

Além do fechamento do vão, outra medida de segurança será implantada, uma cerca de metal com mais de dois metros de altura separando pista de rolagem dos carros e ferrovia. Com essas providências, a Vale espera garantir mais segurança aos funcionários que trabalham na manutenção da ponte e evitar acidentes, inclusive com mortes, como já aconteceu, quando as pessoas tentavam transpor o vão que separa rodovia de ferrovia.

O custo da obra, ao fim, será de R$ 25 milhões, e a entrega está prevista para o final deste ano, tendo os trabalhos de manutenção e revitalização se iniciado no final de 2016.

Indagado pelo blog sobre a situação estrutural da ponte, após 32 anos de existência, João Coral afirmou que essa foi uma das preocupações da Vale três anos antes de começar a revitalização. Segundo ele, uma empresa especializada foi contratada, inclusive com o emprego de mergulhador, para avaliar tecnicamente as condições estruturais. Os resultados apontaram que tudo está em perfeita ordem. “Faremos apenas a substituição de alguns componentes corroídos. Fora isso, nenhum reforço, nenhuma outra providência”, afirmou.

CRONOGRAMA DO ASFALTAMENTO

Atendendo a sugestão da Câmara Municipal, a fim de minimizar os transtornos que a obra de recapeamento com asfalto certamente provocará no trânsito, a pavimentação, que estava programada para ser executada durante o dia, será feita à noite, seguindo o cronograma:

De 22 a 30 de maio: paralisação da pista no sentido  Marabá—Complexo São Félix, das 19h às 6h.

De 5 a 13 de junho: paralisação da pista no sentido Complexo São Félix—Marabá, das 19h às 6h.

É bom salientar que de dia o tráfego será  normal nas duas pistas durante o período do recapeamento.

Deixe uma resposta