Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Reajuste salarial

Vale deve pagar mais de 30 milhões de reais de cartão alimentação nos próximos dias

Acordo Coletivo de Trabalho foi firmado entre a empresa e a Sindicato no dia 23 de novembro

O comércio de Parauapebas e região deve ser aquecido nos próximos dias com o pagamento dos valores referentes ao cartão alimentação dos funcionários da Vale. O montante, que passa dos R$ 30 milhões, é resultado do pagamento de R$ 2.400,00 que cada trabalhador da empresa receberá em dezembro.

Os mais de 13 mil trabalhadores da Vale representados pelo sindicato Metabase Carajás serão beneficiados com esses valores por força do Acordo Coletivo de Trabalho firmado entre a empresa e a entidade, no dia 23 de novembro, depois de várias rodadas de negociações.

Até então, o valor do cartão alimentação era de R$ 620,00. A partir de dezembro passa para R$ 700,00. Além disso, os trabalhadores terão direito ao mesmo valor referente ao 13° salário e mais um bônus de mil reais, totalizando os R$ 2.400,00, que serão pagos até no máximo dia 10 de dezembro, conforme estabelecido no Acordo. “Sem dúvida esse valor faz uma grande diferença agora no final do ano, período em que as despesas aumentam muito”, destacou o Operador de Máquinas, Valcim dos Santos.

Além do aumento no valor do cartão alimentação, o sindicato e a empresa chegaram ao percentual de 8,5% para reajuste salarial, firmado também no Acordo Coletivo, calculado com base no Índice de Preços ao Consumidor (INPC). Com esse aumento não teve ganho real para os trabalhadores, que passaram o ano de 2016 com os mesmos salários de 2015, já que não houve reajuste salarial no ano passado.

“Nossa expectativa de aumento era de pelo menos 10%, para amenizar um pouco as nossas perdas, mas, infelizmente, não conseguimos”, informou um funcionário que não quis se identificar. “Estamos em plena crise, e ainda assim conseguimos esse reajuste que, menos de 30% das categorias têm alcançado. E, quando conseguem, os valores são parcelados, no nosso caso o pagamento será integral”, reforçou Raimundo Nonato Amorim, presidente do Metabase Carajás.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!