Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Eleições

Zenaldo Coutinho (PSDB) é reeleito prefeito de Belém. Decisão ainda precisa ser referendada pelo TRE-PA

Zenaldo Coutinho (PSDB) foi reeleito prefeito de Belém neste domingo com 52,33% dos votos válidos contra 47,67% do ex-prefeito da capital paraense, Edmilson Rodrigues (PSOL). Ele sai vitorioso da disputa após ter o registro de candidatura de sua chapa cassado em primeira instância. Ele conseguiu efeito suspensivo da decisão e manteve a campanha. O processo agora terá de ser analisado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

Com a gestão mal avaliada, segundo pesquisas divulgadas na época da campanha, Zenaldo aparecia mal colocado nas intenções de voto. Mas, no primeiro turno, o tucano ainda assim conquistou 31,02% dos votos válidos e Edmilson Rodrigues, 29,5%.

O processo que corre no TRE-PA acusa Zenaldo e seu vice, Orlando Pantoja, de usarem o site oficial da prefeitura e um perfil oficial em rede social do município para fazer propaganda eleitoral extemporânea. Os dois são acusados de abuso de autoridade e uso de recursos públicos para alavancar a candidatura à reeleição.

Em entrevista à TV Globo, o prefeito disse estar tranquilo em relação à avaliação do tribunal. “Estou absolutamente tranquilo, tenho muita confiança no tribunal eleitoral. A denúncia é muito frágil, vazia. Nem que fosse verdade, não tinha como cassar (o registro), pena desproporcional. Eu tenho certeza de que não há qualquer risco. Vamos administrar pelos próximos quatro anos”, disse o prefeito eleito, acrescentando: “Não é no tapetão que vão levar. É decisão majoritária do eleitor”.

O segundo turno deste ano reeditou a eleição de 2012, quando Zenaldo virou no segundo turno e ganhou do ex-prefeito. Em 2012, com o apoio da máquina do governo do estado, governado pelo tucano Simão Jatene, ele foi eleito prefeito com 56,61% dos votos, contra 43,39% do candidato do PSOL, que disputou com um arco de alianças muito restrito, coligado somente com o PC do B e PSTU.

Nas eleições deste ano, Edmilson – que governou Belém entre entre 1997 e 2004, ainda filiado ao PT – abriu o arco de alianças à sua chapa, incorporando PDT, PV e PPL. Mas o atual prefeito Zenaldo concorreu com o apoio de 15 partidos. E com a força de duas máquinas, a da própria prefeitura e também a do governo do estado.

O atual prefeito tem 55 anos, é formado em direito e começou a carreira política como vereador por Belém. Elegeu-se pela primeira vez, aos 21 anos, e foi vereador por dois mandatos. Depois, foi eleito deputado estadual duas vezes e federal pela primeira vez em 1998, cumprindo quatro mandatos. Zenaldo foi secretário do governo de Simão Jatene.

Belém tem 1,4 milhão de habitantes e é a segunda cidade mais populosa da região Norte.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!