Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Belém

Aeroporto Val-de-Cans recebe 5ª edição do Spotter Day Infraero

A ação ocorrerá das 11h às 16h e proporcionará aos fotógrafos - profissionais e amadores - a oportunidade de registrar operações de pousos e decolagens em áreas normalmente restritas ao público
Continua depois da publicidade

No próximo dia 21 de junho, o Aeroporto Internacional de Belém (PA) será palco da 5ª edição do Spotter Day Infraero. A ação ocorrerá das 11h às 16h e proporcionará aos fotógrafos – profissionais e amadores – a oportunidade de registrar operações de pousos e decolagens em áreas normalmente restritas ao público, obtendo também imagens de ângulos únicos.

No total, serão disponibilizadas 30 vagas. Para participar, os interessados, que devem ter pelo menos 18 anos, precisam se inscrever até o dia 15 de junho, através do endereço odileneamazonas@infraero.gov.br. A Infraero também pede aos spotters que levem livros de leitura usados adulto/infantil. Esse material será doado através da Campanha Livro Viajante, que acontecerá, no terminal paraense, de 29 de outubro a 5 de novembro.

O evento coincide com o início das operações da Avianca na capital paraense. Nesse sentido, os spotters também poderão registrar o o tradicional batismo da aeronave, que será realizado pela Infraero.

As melhores fotos do evento serão expostas no saguão do Val-de-Cans, no dia 19 de agosto, em homenagem ao Dia Mundial da Fotografia. Para mais informações, acesse: http://spotterdayinfraero.com.

Os spotters

A palavra spotter, em tradução literal, tem o significado de observador ou olheiro. Na aviação, o termo ganha uma variação: plane spotter, ou observador de aviões. O hobby do spotting é bastante praticado em diversos países e tem crescido também no Brasil. Os spotters podem tanto observar a movimentação das aeronaves quanto registrar por fotografias ou vídeo as operações que envolvem a aviação.

O termo surgiu na Segunda Guerra Mundial, quando alguns países que sofriam ataques de bombardeiros alemães começaram a encarregar cidadãos para observarem a movimentação de aeronaves, lançando um alerta no caso de aproximação de bombardeiros.

Deixe uma resposta