Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Bom Jesus

Campeã em assalto a banco, Bom Jesus sofre novo atentado, agora ao Banpará

Bandidos levaram como reféns o vigilante do banco e outro que trabalhava em um posto de combustível na saída da cidade
Continua depois da publicidade

Nenhuma das pequenas cidades da região sudeste do Pará registrou mais assaltos a banco do que Bom Jesus do Tocantins, na BR-222, a 66 km de Marabá. O município de 16.517 habitantes foi sacudido na madrugada desta terça-feira, 10, por tiros e bomba que destruíram parte da estrutura do Banpará, que foi inaugurado há quatro anos.

De tanto ver sua agência saqueada (três vezes), o Banco do Brasil resolveu não reabrir aquela unidade, que sofreu grande explosão com dinamites em 2011. Naquela oportunidade, uma quadrilha composta por oito bandidos derrubou a tiros de fuzil e pistola as portas de vidro do estabelecimento, entrou no banco, colocou uma carga de dinamite junto do cofre e detonou o explosivo. O prédio veio abaixo e tudo o que havia em seu interior ficou destruído. Somente a fachada e a parede dos fundos ficaram de pé.

No ano passado, com direito a filmagem à luz do dia, uma quadrilha assaltou a agência dos Correios de Bom Jesus, levando reféns e deixando a população apavorada.

Inaugurada em 2014, a agência do Banpará ainda passou quatro anos sem sofrer assaltos ou roubos. Mas na noite desta terça-feira o barulho de tiros e bombas acordou a comunidade da cidade mais uma vez.

Veja também:  Mais de meia centena de policiais caçam assaltantes do Bradesco de Jacundá

Pelas fotos publicadas em redes sociais, dá para perceber que há um buraco no teto, cápsulas de arma pesada foram encontradas e os caixas eletrônicos foram danificados e o dinheiro que havia dentro levado.

Segundo o comandante do CPR II, coronel Mauro Sérgio, as informações não são tão precisas ainda. As primeiras notícias apuradas dão conta de que um carro pequeno (possivelmente um Palio) e três motocicletas teriam sido utilizados por cinco elementos para a prática do assalto. Logo em seguida, o bando fugiu em direção à fazenda Jaqueira.

Foram pegos de reféns um vigilante do Banpará e outro vigilante do primeiro posto de combustível na saída para o município de Abel Figueiredo, na BR-222.

A Polícia Militar faz diligências na região para tentar prender os bandidos.

Ulisses Pompeu – de Marabá

Deixe uma resposta